PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

Blast from the Past: Crash Bandicoot (PS1)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Blast from the Past: Crash Bandicoot (PS1)

Mensagem por Warrior em Sab 19 Maio 2012, 02:23


No ano de 1996 estava a 5º geração dos videogames, a Sony estava no auge do sucesso com o PlayStation. Mas o que caracteriza uma empresa é o seu mascote, certo? A Nintendo tinha o Mario (com o fabuloso Super Mario 64, para N64) e a Sega estava com o Sonic, mas e a Sony? A resposta veio no dia 31 de agosto com o lançamento de Crash Bandicoot, criado por Andy Gavin e Jason Rubin e produzido pelo estúdio filiado à Sony, Naughty Dog. Além do carisma e da diversão que o jogo apresenta, um dos conceitos que ficara na série: o bom humor.
Pegue seu refresco de wumpa e mergulhe de cabeça no universo do primeiro mascote da Sony, que hoje deixa muitas saudades dessa época.
----

Enredo
Num pequeno arquipélago na Austrália, Dr. Neo Cortex está capturando marsupiais para seu exercito de super-animais, tudo faz parte de seu plano para a dominação mundial. Nitrus Brio, amigo de Cortex, criou uma máquina que é capaz de dar aos animas habilidades e inteligências humanas e, com isso, eles serão expostos aos dispositivos de controle da mente.

Um deles foi escolhido para ser o general do seu exercito, mas acontece que esse marsupial (Crash) não era hipnotizado por causa da sua bondade e gentileza. Crash é rejeitado e jogado fora como lixo. Cortex passa a usar Tawna (marsupial fêmea) nos seus experimentos, mas antes disso Crash já havia se apaixonado por ela.
Crash acaba parando na praia da ilha N.Sanity. Conhece a máscara Aku-Aku, que decide ajudar Crash, e ambos se unem para acabar com os planos de Neo Cortex e salvar Tawna.
-
Um dos pontos que marcara a série é ter finais alternativos, em Crash Bandicoot é possível ver dois finais diferentes. Um é derrotando o último chefe e o outro é coletando todas as gemas e chaves.

----
Tudo sob controle
Crash Bandicoot apresenta controles bem simples. As setas direcionais controlam Crash, o botão X serve para pular, enquanto o quadrado ou o círculo usa o spin (o famoso "giro"). Uma má notícia é que o jogo não é compatível com os analógicos, já que nessa época o Dualshock ainda não estava no mercado.
Esta última pode ser um pouco desconfortável em fases com perspectiva 3D, já que direcionais não são tão favoráveis (principalmente na hora de andar na diagonal).

----
A aventura começa
Crash Bandicoot tem um total de 32 fases, elas se passam em três ilhas diferentes. Apesar disso, a tarefa de Crash não é nadinha fácil, ele tem de passar por diversos locais e escapar de muitos perigos, como fugir (à la Indiana Jones) de uma rocha gigante ou andar por uma ponte prestes a desabar ou ainda andar em cima de um javali raivoso.

Mas Crash é ágil, capaz de dar sequências de pulos incríveis. Com ajuda da máscara Aku-Aku, que serve como "salva-vidas", impede que Crash morra ao ser atacado por seus inimigos, mas quando consegue juntar três upgrades para Aku-Aku, ele dá invencibilidade para Crash por um certo período, podendo destruir tudo o que vem pela frente.

O jogo contém diversas caixas espalhadas pelas fases, todas elas dão itens e vantagem ao Crash. Algumas podem até dar passagem para fases bônus!

----
Gemas pra que te quero
Toda vez que Crash consegue quebrar todas as caixas da fase sem morrer, isso mesmo - tome cuidado quando for calcular seu pulo ou por onde anda - ele ganha uma gema. E pra quê elas servem? Simples, para destravar o final secreto do jogo, além de certas gemas serem necessárias em algumas fases para destravar outras.

E isso gera o destaque do jogo: a exploração, deve-se procurar tudo
quanto é canto para achar as caixas escondidas. Como não há contador de caixas, no final da fase (se você não tiver morrido) mostra quantas caixas foram perdidas. Uma curiosidade é que na versão japonesa, as caixas já quebradas são contabilizadas no checkpoint, ou seja, pode morrer a vontade.

Então para você jogador que se acha Hardcore, esse jogo é um bom desafio. Já para os que não tem paciência, jogue a versão japonesa, mas não se preocupe, nos jogos posteriores esse "defeito" não acontece. E também dê graças a Deus pela fase Stormy Ascent não estar incluída na versão final. Se você não tivesse seus movimentos plenamente calculados, dê adeus à gema.
Stormy Ascent:

----
Fases Bônus
Toda vez que Crash consegue juntar três ícones de personagens, encontrados nas caixas, em uma fase ele automaticamente é mandado para uma fase bônus. Elas variam dependendo do personagem formado:

Tawna: Fase bônus comum, onde Crash consegue diversas wumpas e vidas. No fim da fase Tawna aparece (na versão japonesa ela mostra seu desempenho na fase, como número de wumpas coletadas, vidas etc.) e é possível salvar seu progresso através do Memory Card ou pegando o password.
Nitrus Brio: contém diversas vidas, mas a dificuldade em relação à anterior é maior, onde facilmente acaba caindo no buraco. No fim N. Brio desaparece numa e explosão e é possível salvar o jogo.
Dr. Neo Cortex: Só aparece duas vezes. O foco deste bônus é a chave que se recebe no fim (que usa para destravar fases secretas).

----
Som para todos os ambientes
O que caracteriza um jogo é sua música, certo? Com Crash Bandicoot não é diferente. A música que está no início deste post, é a música-tema do game, a que toca logo no início. Cada música referente ao seu nível combinam perfeitamente, sem falar dos efeitos sonoros. Com certeza você deve reconhecer a fase da música abaixo:


Um ponto a destacar é que na versão japonesa as músicas de alguns níveis foram alterados. Continuam sendo boas, mas isso fica a critério do jogador.
Vídeo:
As músicas foram bastantes marcantes que até a Naughty Dog colocou no scrapbook (digamos que é uma espécie de despedida ao marsupial, presente em Crash Team Racing) mais músicas de Crash Bandicoot do que dos jogos posteriores. Foram três (música tema, Hog Wild e música dos créditos).

-----
Remake
O jogo foi relançado na PlayStation Network, para PS3 e PSP, juntamente com seus três jogos posteriores (Cortex Strikes Back, Warped e Team Racing). Os quatro estão disponíveis nas PSN americana, europeia e japonesa. Na brasileira, no momento, só está disponível Crash Team Racing por R$:12,99, que mesmo assim, vale muito a pena.
Os jogos são iguais às suas versões originais.

-----
Bônus
Mesmo este vídeo estando disponível somente na versão japonesa de Crash Bandicoot 2: Cortex Strikes Back, nele aparece muitos elementos do jogo anterior. O que caracteriza o vídeo é a "dança", que o Crash viria a aprender no segundo jogo (quando completa uma fase). Essa dança acaba virando hit de suas comemorações.
Crash Bandicoot 2 (JP) - Bonus video:

-----
Mesmo não tendo agradado a todos por sua dificuldade grande, Crash Bandicoot marcou (e muito) a geração 64 bits, afinal ele foi considerado um mascote, até sendo comparado com o Mario! A série rendeu mais três jogos incríveis para o saudoso PlayStation. Infelizmente, após o fim do contrato da Universal com a Naughty Dog em 1999, Crash saiu de sua empresa-mãe e depois disso nunca mais teve o mesmo brilho de sua época no PS1. Hoje, muitos o querem ver em PlayStation All Stars Battle Royale, mas isso só vai depender da Activision (atual dona dos direitos).
Deixam saudades essa época, mas nada melhor do que relembrar jogando novamente! Tire seu PS1 do armário e comece a jogar algumas partidas, sempre atrás das wumpas e, claro, caindo na gargalhada com esse carismático marsupial.



Última edição por Warrior em Sab 19 Maio 2012, 21:18, editado 1 vez(es)

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from the Past: Crash Bandicoot (PS1)

Mensagem por UchihaZoro em Sab 19 Maio 2012, 03:44

Nostalgia pegou forte agora!
Altas tardes tentando o 100% nesse game! Muito bom!
Karmei legal cara!

Muito boa essa sua seção nostalgia!
Te juro que rolou uma lagrima aqui...
Oh Wait... This is a joke!

UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from the Past: Crash Bandicoot (PS1)

Mensagem por Hekonzord em Dom 10 Jun 2012, 22:11

Nossa! mto bom seu texto, me fez lembrar das boas horas de crash...
Nostalgia total.

Hekonzord
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 495
Posts Posts : 3502

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from the Past: Crash Bandicoot (PS1)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 18:36


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum