PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

[Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por UchihaZoro em Sab 07 Jul 2012, 02:50

Sete de julho de 1987. Nessa data, a Konami lançou, no Japão e na Euroupa, um jogo chamado Metal Gear — na época, um título exclusivo para o computador MSX2. Era o primeiro grande game de Hideo Kojima, designer da desenvolvedora que teve a ideia genial de apostar em uma história de espionagem com um personagem heroico: Solid Snake.

Hoje, Metal Gear é considerado como uma das séries mais sólidas (com o perdão do trocadilho) de todos os tempos. A Konami anunciou recentemente o aniversário de 25 anos de Solid Snake e revelou que ao longo desse quarto de século, todos os games somam um total de 31 milhões de cópias vendidas.



O começo de Metal Gear
E da treta com a Outer Heaven

O primeiro episódio da série Metal Gear para o NES, versão que foi liberada depois da original para o MSX, foi um pontapé brilhante. A começar pela história, que é pelo menos genial se considerarmos que pouquíssimos títulos da época traziam algo tão bem elaborado.
O ano era 1995 e o agente Gray Fox foi enviado para neutralizar uma arma de destruição em massa da Outer Heaven — organização que pretende se impor como superpotência mundial. A FOXHOUND perde contato com o veterano e, então, envia o novato Solid Snake para resgatar Gray Fox.


Quando Snake chega à base da Outer Heaven, no Sul da África, ele descobre que Metal Gear é o nome secreto de um tanque bípede que pode disparar projeteis nucleares para qualquer local do mundo. As responsabilidades de Snake aumentam e ele vai precisar da ajuda do engenheiro que criou o Metal Gear para descobrir uma forma de neutralizar a ameaça.

Claro, como você deve imaginar, a história não acaba no primeiro jogo. Hideo Kojima expandiu o enredo da série com mais um jogo para o MSX2 — lançado somente no Japão. Na segunda aventura, uma nova arma chamada Metal Gear D ameaça a segurança mundial. Snake precisa acabar com o robô e salvar um cientista que criou uma forma barata de explorar o petróleo.

Conquistando toda uma geração

Depois de oito anos, a Konami finalmente liberou um título para dar continuidade à história. Metal Gear Solid foi lançado em 1998 somente para o PlayStation. O jogo surpreendeu com gráficos de belíssima qualidade, cenas animadas para ligar as situações do enredo, trilha sonora orquestrada e dublagem dos personagens. Simplesmente, uma obra de arte!


Com MGS, a Konami conseguiu conquistar toda uma geração de fãs, muitos dos quais nem sequer haviam experimentado os games do MSX2. Solid Snake é recrutado pelo Coronel Roy Campbell para deter Liquid Snake, um mercenário que atua sob o comando da FOXHOUND e ameaça a segurança dos EUA.

Além disso, Snake deve resgatar alguns inocentes e combater o Metal Gear REX. Neste primeiro game tridimensional, Kojima introduz alguns personagens que ganham notoriedade na série. Revolver Ocelot, Liquid Snake, Natasha, Meryl e outros tantos são nomes que ficam gravados na história e surgem posteriormente na série. O GameCube ganhou um remake com o título Metal Gear Solid: The Twin Snakes.

Três anos depois de MGS, Hideo Kojima dá sequência à série com Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty, um jogo, a princípio, exclusivo para o PlayStation 2. Posteriormente, Uma versão estendida foi lançada para Xbox e Windows. Este é o primeiro game em que Snake deixa de ser o protagonista. O novato Raiden assume o comando da missão.


O recruta selecionado pelo Coronel Campbell foi incumbido de resgatar o presidente dos Estados Unidos, James Johnson. Ele é enviado até uma instalação de tratamento marítimo, local em que o grupo terrorista Sons of Liberty mantém Johnson como refém. Lá, Raiden deve salvar os prisioneiros e eliminar os membros da SoL.

Com a ajuda de Iroquois Pliskin, Raiden terá de enfrentar os membros terroristas da unidade Dead Cell, ou seja, Fortune, Fatman e Vamp — este último que se tornou um ícone da série. No segundo jogo para a família PlayStation, personagens importantes marcam presença, como Solidus Snake, Revolver Ocelot e Liquid Snake.

Ajustando a cronologia

Até MGS2, a série de Kojima seguia uma cronologia e apresentava nexo entre os tantos acontecimentos. Em 2004, com a chegada de Metal Gear Solid 3: Snake Eater, tivemos a oportunidade de conhecer o começo de tudo.


O personagem principal agora é Naked Snake, agente da CIA que é enviado à União Soviética para resgatar Sokolov — cientista responsável pelo desenvolvimento de um tanque nuclear chamado Shagohod. O game conta com duas missões: Virtuous Mission e Operation Snake Eater.

Neste episódio, conhecemos o jovem Ocelot e EVA, uma agente que ajuda Naked Snake. Além deles, Kojima mostra The Boss (ex-mentora de Snake e líde da Unidade Cobra) e o Coronel Volgin. O game ganhou grande destaque pelos gráficos de alta qualidade e, principalmente, por esclarecer o papel de diversos personagens da série. Existe também o remake Metal Gear Solid 3D: Snake Eater para o portátil Nintendo 3DS.

Para dar mais consistência à história, a Konami lançou, em 2006, uma continuação de Snake Eater. Metal Gear Solid: Portable Ops foi o primeiro jogo da série para o console portátil PSP — não consideramos aqui os dois Metal Gear Acid, pois eles não seguiam a mesma jogabilidade e não traziam novidades diretas ao enredo.

Eu não sou um herói, nunca fui...
Nunca serei!

Finalmente, em 2008, Kojima lança um dos títulos mais aclamados do PlayStation 3. Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots veio para colocar fim à saga. Solid Snake volta a ser o protagonista, porém, agora muito mais velho, ele assume o codinome Old Snake. O jogo foi tão importante que a Sony criou um Bundle limitado para vender o console junto com o título.


O game futurista aproveita diversos recursos do PlayStation 3 e leva o jogador a desfrutar de um título absurdamente bem elaborado. Durante o game, você deve usar o bom e velho estilo de espionagem, mas é possível usar alguns acessórios, como uma camuflagem de alta tecnologia e um robozinho chamado Metal Gear Mk. II.

A história de MGS4 dá continuidade aos eventos de MGS2. O jogo começa no Oriente Médio e Solid Snake é enviado para lá com a missão de destruir Liquid Ocelot, líder da Outer Heaven. Além de jogar com Old Snake, você também pode controlar Raiden. O game foi memorável por trazer diversos inimigos de jogos anteriores e por usar ambientes apresentados no passado.


Tudo poderia acabar do jeito que estava, mas, em 2010, Hideo Kojima presenteou a todos com o belíssimo Metal Gear Solid: Peace Walker, outro jogo exclusivo para PSP — ele foi relançado no Metal Gear HD Collection para PS3, Xbox 360 e Vita. Peace Walker conectou os fatos entre Portable Ops e o MGS do PlayStation. No game, Naked Snake fica conhecido como Big Boss.

Para finalizar, não poderíamos deixar de citar o game que vai trazer Raiden de volta à ativa. Apesar de não seguir o estilo de espionagem proposto na série MGS, Metal Gear Rising: Revengeance propõe um combate mais rápido e ação do começo ao fim com a espada do ciborgue. Testamos o jogo na E3, portanto, confira a prévia para saber como foram nossas primeiras impressões.


Enfim, se você é um fã da história, sabe que nosso texto foi um pouco superficial, mas queríamos apenas lembrar os tantos episódios desta série fantástica. Vale lembrar que Hideo Kojima anunciou o desenvolvimento de Metal Gear Solid 5, portanto, podemos aguardar mais um grande episódio — quem sabe até para a próxima geração de video games.

---

E é com este texto, pego descaradamente do BaixakiJogos, que eu inicio a comemoração de 25 anos desta grande franquia.
Por favor comentem a respeito dela!

Metal Gear Solid 25 Years
Happy Birthday Solid Snake!




UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por Tchuk-Ex em Sab 07 Jul 2012, 03:04

Tá aí uma das poucas franquias com um estilo mais cinematográfico que eu respeito, Metal Gear tem uma história única, vou mergulhar de vez na franquia com o Snake Eater, alguém pode me confirmar se a versão de 3DS vem com os Metal Gear 1 e 2, tal como a versão do PS2?

Enfim, vida longa a essa excelente franquia! Acho bem provável que em um futuro próximo tenhamos o MGS5 usando tudo que a Fox Engine tem a oferecer. ^^

Tchuk-Ex
Membro Nv.15
Membro Nv.15

Karma Karma : 8
Posts Posts : 179

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por Warrior em Sab 07 Jul 2012, 03:12

Eu pensei que você tinha escrito esse texto. Laughing
Mas mesmo assim, desejo felicidades à franquia Metal Gear! \o/

Embora eu nunca tenha jogado algum, reconheço a importância deste e a qualidade. Tentarei pelo menos jogar algo jogo da série. bounce
----
E, novamente, feliz aniversário de 25 anos, Metal Gear! E que venham muitos jogos de incrível qualidade!
cheers

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por UchihaZoro em Sab 07 Jul 2012, 03:23

Warrior escreveu:Eu pensei que você tinha escrito esse texto. Laughing
Eu iria fazer um, porém não me lembrava exatamente qual era a data. E agora que me toco, ja chegaste o dia, graças a isso eu não teria tempo para tal. Sad

Mais isso não irá me impedir de em um futuro próximo, criar um tópico falando sobre a franquia, não precisa ser exatamente em seu aniversário. tongue

----

O primeiro Metal Gear Solid que eu joguei, foi em um CD DEMO no qual veio junto com o meu PsOne, nesta DEMO podiamos jogar certa parte do jogo.

E eu sempre a jogava, sempre finalizava, até que finalmente consegui comprar o game, e este marcou minha infância de muitas maneiras.

É um game de ação/stealth, porém este possui diversos adicionais que o tornam um game de gênero unico.
Personagens extremamente carismáticos, até hoje me lembro do Psycho Mantis, no qual para derrota-lo temos de desconectar o joystick da porta 1, e conecta-lo na porta 2. Laughing

Depois deste quando ganhei meu Ps2 ainda não possuia conhecimentos sobre as versões deste para o console, porém com o tempo acabei descobrindo Metal Gear Solid 2, e Metal Gear Solid 3 Snake Eater, com este ultimo eu fiquei completamente viciado com a franquia, considero este o melhor game do Ps2 sem duvidas.

Todos os games da franquia, possuem incríveis gráficos comparados aos demais dos consoles, um exemplo de franquia!

Infelizmente ainda não tive a oportunidade de jogar os games do MSX, e joguei muito pouco o Metal Gear Solid IV, para este merece todo meu respeito!


Última edição por UchihaZoro em Sab 07 Jul 2012, 10:33, editado 1 vez(es)

UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por Warrior em Sab 07 Jul 2012, 03:26

UchihaZoro escreveu:
Warrior escreveu:Eu pensei que você tinha escrito esse texto. Laughing
Eu iria fazer um, porém não me lembrava exatamente qual era a data. E agora que me toco, ja chegaste o dia, graças a isso eu não teria tempo para tal. Sad

Mais isso não irá me impedir de em um futuro próximo, criar um tópico falando sobre a franquia, não precisa ser exatamente em seu aniversário. tongue

Estarei esperando pelo seu próximo, então. Very Happy
----
Só uma pergunta, um novato na série, seria ideal começar a jogar pelo primeiro jogo ou tem algum especial que você recomenda?

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por UchihaZoro em Sab 07 Jul 2012, 03:32

Warrior escreveu:
UchihaZoro escreveu:
Warrior escreveu:Eu pensei que você tinha escrito esse texto. Laughing
Eu iria fazer um, porém não me lembrava exatamente qual era a data. E agora que me toco, ja chegaste o dia, graças a isso eu não teria tempo para tal. Sad

Mais isso não irá me impedir de em um futuro próximo, criar um tópico falando sobre a franquia, não precisa ser exatamente em seu aniversário. tongue

Estarei esperando pelo seu próximo, então. Very Happy
----
Só uma pergunta, um novato na série, seria ideal começar a jogar pelo primeiro jogo ou tem algum especial que você recomenda?
A ordem de lançamentos dos games, não combina nada com a cronologia! Laughing

Recomendo você começar pelo primeiro da cronologia, o Metal Gear Solid 3 (Ps2/Ps3/Vita/3DS)

tchuk-ex escreveu:Alguém pode me confirmar se a versão de 3DS vem com os Metal Gear 1 e 2, tal como a versão do PS2?
Infelizmente não, apenas o Metal Gear Solid 3. Sad

UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por Convidad em Sab 07 Jul 2012, 08:10

Só joguei a demo Laughing Mas, parabéns MGS!

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por UchihaZoro em Seg 23 Jul 2012, 16:41

Kojima fala sobre os 25 anos de Metal Gear


O PlayStation Blog divulgou uma excelente matéria com Hideo Kojima, o criador da série Metal Gear, que completa neste ano 25 anos. Kojima falou sobre todas as suas criações, quais foram os fatores de motivação e o que ele achou do resultado.


Metal Gear | 1987 | (MSX2)

Hideo Kojima: Neste ano eu comecei a trabalhar na indústria de jogos eletrônica, como designer e planner de jogos. Eu era muito jovem, entre a primeira geração da indústria no Japão. Eu já tinha uma certa reputação quando comecei a trabalhar, mas o primeiro jogo que trabalhei por meio ano foi cancelado. Não sabíamos quando iríamos terminá-lo, e um dia meus superiores me chamaram para avisar que ele seria cancelado.

Eu pensei em deixar a companhia e procurar outro trabalho, mas eles ofereceram a chance de desenvolver um jogo de combate para o MSX. O resultado desta oferta foi o primeiro Metal Gear. Foi lançado há exatos 25 anos. Todos sabíamos da limitação técnica do MSX, e eu não queria fazer jogos de guerra. Então decidi criar algo parecido com o filme Fugindo do Inferno algo envolvendo uma fuga, e no final, fiz um jogo de espionagem.

Metal Gear teve boas análises, e como planner tive que criar alguns rascunhos para o jogo. Eu não tinha muitas ferramentas, então tive que ir aos programadores e dizer exatamente o que tinha em mente e o que queria que eles fizessem.

Voltando, os programadores tomaram as decisões finais, em vez dos planners, o que me irritou bastante. Queria dar a palavra final nos jogos que eu criava, então pedi que um esquema de roteiro fosse feito, para que eu colocasse sons e animações onde quisesse. Foi assim que Snatcher nasceu.

Metal Gear Solid | 1998 | (PlayStation)

Hideo Kojima: Eu estava fazendo jogos como Policenauts, e ouvi rumos sobre um console que poderia criar polígonos em tempo real. Isso realmente chamou minha atenção, já que a maior atração dos jogos é a sensação de ação, e fiquei intrigado para ver o que poderia ganhar com aqueles polígonos. Metal Gear é um jogo de esconde-esconde, e pensar em fazer isso com uma câmera que poderia mudar de posição realmente me empolgou. Então parei de fazer jogos com roteiros e voltei a pedir favores aos programadores desde mundo 3D.

Eu fui o designer de Metal Gear Solid, mas não fui o produtor, então não sabia o orçamento, data de lançamento, ou o progresso do jogo. Lembro de me falarem a data de lançamento e eu não poderia fazer nada, são memórias tristes para mim.

Na Kojima Productions, sou diretor, produtor e designer de jogos; eu tenho controle sobre o orçamento, e falo sobre o que fazer e o que não fazer, especialmente sobre contratações. De fato, as pessoas que trabalharam no primeiro Metal Gear Solid ainda são do núcleo da Kojima Productions.

Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty | 2001 | (PlayStation 2)

Hideo Kojima: Metal Gear Solid vendeu muito bem pelo mundo; foi um grande sucesso. Quando soube do hardware para o PlayStation 2, queria fazer algo novo. Com isso em mente, todas as cenas de cortes focaram em detalhes como expressões faciais, mas queria dar mais atenção aos arredores, ver como poderia mudá-los em tempo real. Jogos mais atuais, como Call of Duty seguiram essa tendência de fazer os ambientes mais realísticos.

Já que Metal Gear Solid vendeu tão bem, eu tive um bom orçamento para MGS2, então pude trabalhar com pessoas como Harry Gregson-Williams, com quem eu já queria trabalhar há algum tempo, mas sempre falavam que o orçamento não dava. Estavamos sobre muita pressão, mas ao mesmo tempo adorei a liberdade de criação que tive para fazer o jogo.

Também pudemos promover o jogo em paralelo a sua produção. Lembro de receber aplausos na E3 2000, e gostei muito disso. Olhando para trás, tenho boas memórias do desenvolvimento de Metal Gear Solid 2.



Metal Gear Solid 3: Snake Eater | 2004 | (PlayStation 2)

Hideo Kojima: Embora MGS2 tenha vendido bem, muitas fãs de Snake ficaram chateados por Raiden ser o protagonista principal; recebemos muitas reclamações sobre isso. Tivemos muitos comentários sobre a história se desvendando muito rápido; criamos uma grande agitação. Com isto em mente, criamos Snake Eater.

Naquele tempo, eu não era apenas o designer, mas também gerente, cuidando do estúdio. Nós estávamos desenvolvendo muitos projetos ao mesmo tempo, como Boktai, Zone of the Enders, e The Twin Snakes. Achei que seria muito difícil desenvolver Snake Eater como o líder de criação, então tentei delegar responsabilidades aos novos contratados do estúdio. Isso não deu certo no final, mas foi minha primeira tentativa.

Depois que MGS3 estava terminado, para deixar claro que o próximo Metal Gear não seria dirigido por mim, enquanto estávamos pela Europa, anunciamos que o próximo diretor seria Alan Smith, um pseudônimo.

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots | 2008 | (PlayStation 3)

Hideo Kojima: O PlayStation 3 era um sistema bastante complexo; os jogos tinham que ser desenvolvidos em três fases. No final do projeto de Metal Gear Solid 4, tinhamos quase 200 pessoas trabalhando nele, com três diretores (embora muitas vezes foram diretores apenas em nomes, e eu acabei fazendo muita coisa). Por isso o jogo foi atrasado.

Fizemos MGS4 com base em um método Japonês. Naquela época, a tendência estava para jogos de mundo aberto, mas decidir não dar atenção a isso e seguir outro caminho. Eu já tinha sentido que precisava criar algo parecido com o que estamos fazendo com a Fox Engine.

Para desenvolver a Fox Engine, eu tinha que entender como as coisas funcionavam em todos os lugares, então passei um ano e meio visitando estúdios ao redor do mundo, e como japoneses, podemos ver como as outras pessoas trabalham e reconhecer, com muito respeito, que o trabalho deles é melhor que o nosso.

Já que a Fox Engine levaria muito tempo para ser criada, começamos a trabalhar em Peace Walker.



Metal Gear Solid: Peace Walker | 2010 | (PlayStation Portable)

Hideo Kojima: Não só desenvolvemos Peace Walker para o PSP por ele ser um console popular no Japão, mas também com o conceito de Transfarring em mente, então, como um teste, desenvolvemos para o PSP. O Transfarring já está funcionando, mas foi algo que planejamos desde o início.

Acho que Peace Walker foi um sucesso. Pudemos fazer muito do que queríamos, por exemplo, todo o aspecto social que não conseguimos no PS3. Com um hardware mais simples, pudemos focar em fazer as coisas que estávamos tentando.

Fox Engine

Hideo Kojima: A Fox Engine está quase finalizada, mas a única maneira de garantir que funciona é criando um jogo ao mesmo tempo e melhorar o motor com nossos ferramentas conforme avançamos. Originalmente, iríamos fazer isso para Metal Gear Rising: Revengeance, mas muita coisa aconteceu no caminho e, em vez disso, está sendo feito com o motor que a Platinum Games tem.

Os estúdios de produção no Japão estão quase extintos, um fato que reconhecemos há quase 10 anos e, apesar da Fox Engine não estar finalizada, estamos prontos para mostrar o que podemos fazer, em 30 de agosto no Japão, para ser mais específico.


Fonte: Gamegen

UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Especial] Metal Gear Solid 25 Years

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 06:49


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum