PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Warrior em Qui 12 Jul 2012, 23:07


Na década de 1980 explodiu a febre dos RPGs nos videogames 8-bits, títulos vitaminados como Final Fantasy e Dragon Warrior faziam a moda da época. Não querendo ficar atrás, a Nintendo havia lançado The Legend of Zelda, outro bom título ao saudoso NES. Porém uma joia rara do gênero acabou restrito às terras japonesas, trata-se de Mother! Um RPG que apresentou uma jogabilidade
simples, contudo continha um enredo espetacular e inovador, criado pelo Shigesato Itoi, Mother teve seu lançamento interrompido no ocidente a favor do sucessor do NES, enquanto no Japão foi lançado no dia 27 de julho de 1989.
Confira agora mais informações desta épica aventura, que fez muita falta por um lançamento ocidental.

A misteriosa aparição
"No início do século XX uma sombra escura surgiu sobre uma cidade rural na América. Pouco tempo depois um casal desapareceu misteriosamente.

O homem se chamava George.
A mulher se chamava Maria.

Dois anos depois, George voltou para casa, mas nunca disse a ninguém onde esteve ou o que fez. Em vez disso, ele mergulhou numa estranha pesquisa.

Já a sua esposa Maria...
Nunca retornou
"

Mother se passa no ano de 198X, o protagonista Ninten, de 12 anos de idade, percebe que sua casa está sofrendo diversos ataques paranormais. Após a cessão, o pai de
Ninten o chama pelo telefone, explicando que os estudos que o avô fez referentes aos poderes psíquicos PSI, também lhe pede para investigar este ataque que vem ocorrendo no mundo inteiro.

Ninten, então sai para a investigação. No cemitério de Mother's Day, Ninten salva e faz amizade com uma garota de sete anos chamada Pippi, que é levada de volta ao seu lar. Ao descobrir que os ataques tratavam-se de invasões extraterrestres liderados por Giygas, com a ajuda do diário de seu avô, Ninten consegue se transportar à Magicant, onde a governante Queen Mary pede para Ninten achar as sete melodias a fim de acabar com a calamidade.

Durante a aventura Ninten faz amizades com Loid, Ana e Teddy, com quem o ajudará no combate à raça alienígena. E não para por aí! Tem muitos segredos que o jogo esconde e, claro, revelações surpreendentes!
Jogabilidade
Apresenta controles bem simples, que variam entre os modo batalha e história. No modo normal: o direcional movimenta Ninten; o botão A abre o menu de opções; o botão B corre; Start mostra o mapa e Select mostra o status do grupo (nem sempre funcionam).
Ao pressionar o botão A, o menu de opções são as seguintes:
Talk: Conversa com alguém;
Check: checa alguma coisa suspeita;
PSI: Mostra os poderes PSI disponíveis do grupo;
Goods: Seus itens guardados na mochila, o estoque é limitado.
Na não-lançada versão americana, o menu apresenta ainda mais duas opções; Setup onde configura o jogo e State que mostra o status do grupo. Falemos disso mais adiante.


Caminhando por lugares afastados das cidades automaticamente Ninten é mandado para a uma cena de batalha (acredite: às vezes chega a ser pior que a infestação de Zubats em Pokémon Red & Blue para Game Boy). Aparece a imagem do inimigo no centro, acima fica o texto de informações e abaixo o status do grupo (nome, pontos de saúde, pontos de PSI, nível e experiência) e o menu de opções disponíveis (da coluna da esquerda para a da direita).
Fight: Ataca o oponente com um golpe;
PSI: Usa os poderes PSI disponíveis;
Goods: Usa itens;
Check: Checa o status do adversário;
Auto: Modo automático, o jogo luta por você;
Guard: Defende-se;
Run: Foge da batalha, mas nem sempre funciona.

Nas lutas a cor do nome do personagem podem variar, na cor amarela significa que está prestes a morrer; na cor roxa pode ser envenenamento, paralisação, sono ou petrificação. Para curá-los use um item ou tipo de PSI Healing específico - caso não tenha nenhum dos itens, o jeito é recorrer ao hospital, também, tome cuidado ao falar com pessoas gripadas, que poderão passar a gripe para você!

As lutas são divertidas, Ninten e seu grupo lutam com diversos inimigos cômicos, como um hippie alucinado, gangsteres, pé-grande, corvos fumantes ou até mesmo um caminhão desgovernado!


A busca pelas oito melodias
Como qualquer RPG que se preze, existe a total liberdade para explorar os ambientes, pode-se entrar em casas e lojas a fim de compras ou busca de informações. No começo do jogo Ninten recebe um cartão de crédito, que poderá depositar ou sacar dinheiro nos caixas eletrônicos disponíveis em lojas de convenção, outro ponto que vale listar é que qualquer telefone é usado para fazer ligações para o pai de Ninten (resumindo, para salvar o jogo), sendo telefones domésticos ou os "orelhões" (que deve pagar uma taxa de $1 para falar).
Mas, afinal, o que são as oito melodias? São oito partes de uma canção (não me diga!) que é o principal segredo que o jogo esconde e de importância vital no enredo. Para achá-las é preciso verificar determinados objetos e pessoas, ao checá-los uma parte da cação é tocada (na versão americana e do GBA, a tela fica "rolando"). Os trechos que Ninten coletou é possível ouvi-los através da Ocarina que ganha-se posteriormente. Para os que já querem saber como é a melodia, segue-se:


Não viu o sol nascer no ocidente
Mother teve sua localização concluída nos Estados Unidos em 1990, o projeto estava sob a direção de Phil Sandhop, o jogo teria o nome de Earth Bound e seu lançamento previsto era para a primavera de 1991. Porém, com o anúncio do lançamento do Super Nintendo, a diretoria do marketing empurrava o lançamento do jogo até deixar para tempo indeterminado. Phil declarou: "Uma vez que o Super NES foi anunciado empurrou o jogo além de seu tempo determinado, acredito que os executivos de marketing apenas decidiu que o jogo iria ser muito caro para produzir e seria mal sucedido, sem marketing, e é por isso que caiu no esquecimento."
Essa versão sofreu diversas modificações, começando pela censura aplicada pela Nintendo; qualquer referência às drogas, sangue, violência e referências religiosas foram retiradas. A dificuldade deu uma decaída, foram diminuídos algumas dungeons, acrescentadas as duas opções no menu pressionando o botão A, nomes das cidades alterados e entre outras modificações.

Em 1998 o site Demiforce comprou o cartucho beta do jogo que estava a venda na internet, Phil confirmou que tratava-se mesmo da tradução da Nintendo. O site disponibilizou a ROM do jogo na internet e adicionou na tela título a palavra "Zero", número retroativo à sequência lançada em 1996 para o Super Nintendo (EarthBound).

Remake
Também seu único remake ficou restrito às terras japonesas. Antes do lançamento do esperado Mother 3 para o Game Boy Advance (cuja versão do Nintendo 64 fora cancelada), a Nintendo lançou um remake para o console para saciar a vontade dos fãs. Foi lançado em 20 de junho de 2003, incluindo também a sequência lançada originalmente para o Super Nintendo (Mother 2/EarthBound).
As dimensões foram reduzidas para a tela do portátil, houve pequenas melhoras em relação às músicas e a novidade desta versão é que estavam incluídos diversos elementos da cancelada versão ocidental.

No entanto patches de tradução estão disponíveis na internet, com diversas opções de idiomas, incluindo o português do Brasil. Nestes patches Mother 2 encontra-se em japonês, pois já existe a versão original do Super Nintendo em inglês.


Mother trouxe uma nova perspectiva aos RPGs, deixando os elementos da Idade Média para se basear nos tempos presentes e, o melhor de tudo, é que foi acompanhado de pitadas de ficção e a adição de personagens carismáticos, resultando num épico enredo. Mesmo não tendo um grande reconhecimento no ocidente, o legado de Mother prevalecerá de gerações a gerações.

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por UchihaZoro em Ter 17 Jul 2012, 17:57

Como um belo tópico como este, não possui nenhum comentário ?
--
Confesso que não conheço a franquia, conheço apenas o Ness e o Lucas graças aos SSB. Mais nem por isso, não posso ficar sem comentam aqui.

Ótimo tópico Warrior, meus parabéns!

UchihaZoro
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 383
Posts Posts : 4616

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Monagma em Ter 17 Jul 2012, 19:01

Warrior é fã de Earthbound, né? Laughing

Conheci a franquia pelo SSBB, e ela até que me parece interessante, mas nunca tive a oportunidade de jogá-la.



Monagma
Rei da Terra
Rei da Terra

Karma Karma : 286
Posts Posts : 4274

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Warrior em Ter 17 Jul 2012, 20:37

Duas almas-vivas comentaram em meu tópico! \o/ -q
Fico feliz com que tenham gostado. ^^
Foi também graças ao SSB que conheci a franquia. Laughing
----
@Uchiha: Postei o tópico nos três fóruns, mas teve um comentário no NB e os dois por aqui. Se alguém leu e gostou, para mim já está de bom tamanho. Smile

Recomendo você a jogar a versão original do Famicom em japonês (você é fluente no idioma, certo?), além de estar presenciando um dos maiores títulos do saudoso NES, estará jogando um dos títulos mais difíceis do console (bate com Mega Man, Battletoads e Ninja Gaiden), mas com a bela história que o game proporciona, isso acaba sendo passível.
------
@Monagma: Não sou tão fã assim. Conheço bastante do primeiro título, algumas informações do segundo e poucas do terceiro (ainda estou jogando EarthBound no SNES).

O problema é que a Nintendo da América ignora o título, só lançou uma única versão do jogo para o SNES e só. Não se preocupou em lançar o remake ou Mother 3 e nem ao menos lançá-los no Virtual Console do Wii. Neutral

Como disse para o Uchiha, recomendo você também a jogar. É uma grande franquia da Nintendo! Very Happy

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Wind Ice em Qui 23 Ago 2012, 16:08

Tá aí um jogo que está me fazendo aprender inglês para joga-lo. Tenho muita vontade de jogar esse jogo, um RPG diferente dos demais. Espero que consiga joga-lo... Vou compra ele no Virtual Console do Wii, e torço para que seja lançado uma versão nova do jogo...

Wind Ice
Membro Nv.1
Membro Nv.1

Karma Karma : 4
Posts Posts : 31

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Hitsugi em Sex 24 Ago 2012, 11:30

Lixo de jogo só digo isso.

Hitsugi
Membro Nv.7
Membro Nv.7

Karma Karma : 4
Posts Posts : 91

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Felipefabricio em Qua 05 Set 2012, 21:23

Sempre quis jogar o jogo...Parece bom,mas dá medo.Principalmente o Mother 3,com Claus,Masked Man,Porky e a Mãe do Lucas. o.o'




Gostaria de ler uma história?Então leia O Quase Fim do Mundo!

Felipefabricio
Masked Man
Masked Man

Karma Karma : 147
Posts Posts : 1962

Ver perfil do usuário http://felipefabricio.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Warrior em Qua 05 Set 2012, 23:52

Obrigado a todos que estão comentando. Very Happy

@Felipefabrício: Pode relaxar que esta versão não lhe trará medo algum. O ponto alto deste jogo é justamente o enredo, acredito que você irá curtir também. :]

@Hitsugi: Não se pode agradar a todos, não é? De qualquer modo, obrigado por comentar.

@Wind Ice: Aprendendo o inglês básico você já estará dominando parte do jogo (como foi comigo), embora existam versões em português. Estou também na torcida para que a Nintendo relance Mother para o Virtual Console, pois esse sim, está precisando de um remake.

Vale a pena jogar, como já disse, seu enredo é espetacular, assim como o desafio.

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Ninfa.Peach em Qui 06 Set 2012, 08:45

Belo topic.. *--*

até parece uma matéria de jornal...
parabéns!

boa analise, entende bem que é fã '-'

#karmado

Ninfa.Peach
Veterano Nv.22
Veterano Nv.22

Karma Karma : 27
Posts Posts : 938

Ver perfil do usuário https://twitter.com/lia_mical https://www.facebook.com/adilia.mical

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blast from Japan: Mother (Famicom/NES)

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 02:28


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum