PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

Discussão: o Brasil e os games

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Warrior em Seg 10 Out 2011, 22:29

AVISO: Se caso este tópico estiver em lugar errado, por favor mover ao lugar correto!
A História
Tudo começou em 1977, chega ao Brasil o primeiro videogame pela Philco e Ford, o TeleJogo (versão brasileira do PONG da Atari) e deixou muita gente impressionada, afinal, aquilo era uma novidade!

Enquanto no Brasil chegava o TeleJogo, os Estados Unidos já estava em produção o Atari 2600 e lançado no natal do mesmo ano. E o Atari só chegaria ao Brasil por volta de 1983 pela Polyvox e também nessa época chegava o Odyssey II pela Philips.

Na segunda metade da década de 1980 o mundo se divertia com o NES, aqui no Brasil existiam vários "clones": Turbo Game (CCE) e entre outros. O mais famoso deles é o Phantom System (Gradiente, que mais tarde passaria a representar a Nintendo no país) e em 1989 chega o Master System pela Tec Toy*.
*As vendas do console no país ajudou a Sega a sair dos problemas que estava enfrentando quanto a concorrência com o NES.

Na década de 90, considerado para alguns como a "época de ouro dos games no Brasil", as duas maiores empresas de games da época estavam sendo representadas oficialmente no Brasil: a Nintendo (Playtronic, fusão da Estrela e Gradiente*) e a Sega (Tec Toy). Nesse tempo surgiam várias exclusividades e vantagens para o consumidor brasileiro: jogos exclusivos, promoções, jogos traduzidos, preços acessíveis...
*NOTA: o Brasil foi o primeiro país a produzir peças Nintendo fora do Japão

Nos anos 2000, a Gradiente desiste de fabricar produtos Nintendo devido a alta do dólar na época e a pirataria desenfreada; a Tec Toy parou pois a Sega desistiu de fabricar consoles. E com o passar dos anos a pirataria e os importados havia dominado o país.

Em 2006 o Brasil começa a se desenvolver e as empresas de games visam o país: a Microsoft lança oficialmente o Xbox 360, a Nintendo estaria representada pela Latamel e a Sony lançaria o PlayStation 3.

Em 2009 a Tec Toy lança um novo videogame 100% brasileiro, o Zeebo. Foi o primeiro videogame a ter jogos distribuídos somente por download, para evitar a pirataria. A proposta é que o videogame seria acessível para todos e concorrer com o PS2. O console prometia: tinha apoio das thirdies, tinha uma lista boa jogos para lançamento (além de ter menus em português) e chegou a ser importado para o México*.
*Confesso que até eu estava interessado para comprar um Zeebo
Porém seu preço inicial era muito mais caro que um PS2, grandes jogos não foram lançados e não caiu no gosto do público. Acabou sendo descontinuado no início deste ano (2011).
-------

Conclusão
Vendo acima mostra que o Brasil teve um grande marco na história dos videogames, mesmo que grandes empresas situam na parte no norte do planeta, o Brasil pode ter também grandes chances de se dar bem no mercado de games. O esforço da Tec Toy merece destaque, afinal, tentou "limpar" a bagunça que os games estavam sofrendo no país. Muitas vezes o Brasil é menosprezado: "o Brasil não produz jogos decentes!"* ou "tudo que é feito no Brasil não presta!"**.
*Como não? As Férias Frustradas do Pica-Pau, embora inspirado num personagem estadunidense, era um ótimo jogo. Incidente em Varginha chegou a ser importado para a Europa. E o mais novo O Combate do Barro Vermelho que parece ser muito bom!
**Tive um SNES da Playtronic e afirmo: é igual como se tivesse feito no Japão. Era muito resistente (já caiu várias vezes no chão e funcionava perfeitamente), compatível com jogos lançados no resto do mundo e tinha compatibilidade com TVs brasileiras.


Atualmente o Brasil já não esta sendo mais ignorado e "voltando com o louvor que tinha em 90", também empresas de videogames brasileiras (sim, elas existem) estão produzindo jogos, sejam baseados na nossa história ou baseados em nosso folclore. Acredito que o Brasil ainda terá uma grande franquia de videogame (não necessariamente feito por numa empresa brasileira, pode ser numa empresa japonesa, por exemplo, mas com filial aqui).
Embora "atrasado", o Brasil conseguiu acompanhar as gerações dos videogames até hoje. E também acredito que o Brasil ainda vai se tornar uma "potência" nos videogames...

-----
Ao Leitor
E você? Acredita no Brasil para lidar com jogos? Acha que tem potencial? Ou acha que toda essa conversa é muito cedo? Deixe tudo o que pensa nos comentários!

Anúncios:




Última edição por Warrior em Ter 18 Out 2011, 22:32, editado 1 vez(es)

Warrior
Veterano Nv.35
Veterano Nv.35

Karma Karma : 134
Posts Posts : 1485

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Chazzy em Ter 11 Out 2011, 10:47

Nme no futebol estamos prestando mais... kkk zoa.

Axo q tem potencial sim, mas q brasileiro q gosta de games sofre com imposto, sofre muito...

Chazzy
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 233
Posts Posts : 2652

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Vicente. em Ter 11 Out 2011, 15:17

Belo tópico! Acho que o Brasil tem sim potencial, e a conferência da BGS animou bastante. Essas notícias de que as três grandes estão conseguindo isenção de impostos pra fabricas aqui também mostra isso... Mais alguns anos e talvez estaremos em uma situação ainda melhor que a dos 90'.
---
Movido para PS3, PS Vita e PSP, se encaixa mais do que no Espaço Cultural, mesmo que seja sobre todos os consoles..

Vicente.
Membro Nv.33
Membro Nv.33

Karma Karma : 11
Posts Posts : 353

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por lanitaguai em Qua 12 Out 2011, 10:33

Tem capacidade sim, só depende do interesse das empresas, principalmente da Nintendo, que ainda não mostrou muita coisa aqui.

lanitaguai
Membro Nv.28
Membro Nv.28

Karma Karma : 20
Posts Posts : 301

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por caiogamer99 em Seg 07 Nov 2011, 14:54

O brasil PODIA ser um grande mercado de games, só depende das empresas investirem nele e do maldito governo baixar os impostos

caiogamer99
Iniciante Nv.1
Iniciante Nv.1

Karma Karma : 0
Posts Posts : 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Dragan Stojkovic em Sex 11 Nov 2011, 17:53

Meu rim vale mais que um PS3 + joguinhos.

;/

Dragan Stojkovic
Membro Nv.3
Membro Nv.3

Karma Karma : 1
Posts Posts : 55

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Convidad em Ter 13 Dez 2011, 11:01

Brasil está encaminhando bem e o governo brasileiro está contribuindo pra isso. Tomara que esta nova fase dos games no Brasil dure muito tempo. Parece que estamos voltando a era de ouro dos anos 90 quando tinha a Sega, nintendo no brasil.

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Discussão: o Brasil e os games

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 04:49


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum