PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Convidado em Dom 10 Nov 2013, 20:16



Por: Frederico Tales 
Desde que a inglesa Rare, famosa por desenvolver clássicos jogos de Super Nintendo, como Donkey Kong Country, e clássicos de Nintendo 64, como Banjo Kazooie, foi vendida para a Microsoft em 2002, a empresa vem se desfazendo cada vez mais. Os desenvolvedores responsáveis pelos seus principais títulos montaram suas próprias empresas, se moveram para outros estúdios e a equipe que era conhecida como a 'dream team' da época do ouro dos video-games se desfez. E vários outros funcionários foram contratados para substituir os veteranos que partiram.
Hoje em dia o nome Rare ainda existe, existe por existir, foi responsável pelos títulos de Xbox 360 como Banjo Kazooie: Nuts and Bolts, um fracasso de críticas e Kinect Sports, a materialização do que pode verdadeiramente ser chamado de casual entre outros títulos para o primeiro Xbox.
Em uma série de entrevistas chamada Rare’s interview series Rare Life, Martin Hughes, game designer, conta que ama Halo e estava tentando ingressar na Microsoft quando o disseram que havia vagas na Rare, ele ficou se perguntando "Quem? O que é Rare?", foi quando disseram "É aquela responsável por fazer Kinect Sports".
Fico me perguntando onde esse tal de Martin Hughes estava quando lançaram Battletoads pra NES, e quanto a trilogia Donkey Kong Country pra SNES? Será que ele já ouviu falar de Conker's Bad Fur Day?
Outro empregado recente da Rare, o artista Jenny Clarke, disse nessa mesma série de entrevistas que não acredita como a Rare conseguiu fazer jogos tão feios quanto Donkey Kong Country e que o seu objetivo é deixar a sua marca na atual empresa e ajudar a afastar esse passado feio do futuro brilhante que é desenvolver pra Kinect.
Okay, okay. Próximo.
Estamos em época de E3 e acabou de ser anunciado para o novo Xbox One um jogo clássico da Rare, consolidado na época dos Arcades Ultra 64, pra esse console: Killer Instinct e advinha? Está sendo desenvolvido pela Double Helix, apesar de ninguém do 'casting' original da Rare ainda permanecer hoje em dia, poderia pelo menos ceder o desenvolvimento de sua própria IP, não é Microsoft?
Esqueçam, a Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie. 
Fonte: Contos!Acabados

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Felipefabricio em Dom 10 Nov 2013, 21:00

É uma pena...

...Mas o principal da parte ruim é os funcionários menosprezando os jogos antigos.Pô,DKC,gráficos ruins?Foi uma revolução pra época O.o




Gostaria de ler uma história?Então leia O Quase Fim do Mundo!

Felipefabricio
Masked Man
Masked Man

Karma Karma : 147
Posts Posts : 1962

Ver perfil do usuário http://felipefabricio.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Chazzy em Dom 10 Nov 2013, 22:53

"Outro empregado recente da Rare, o artista Jenny Clarke, disse nessa mesma série de entrevistas que não acredita como a Rare conseguiu fazer jogos tão feios quanto Donkey Kong Country"


Não creio que esse acéfalo falou isso.

Chazzy
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 233
Posts Posts : 2652

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Felipe JJ em Dom 10 Nov 2013, 23:02

Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC, dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Convidado em Dom 10 Nov 2013, 23:22

Um doido escreveu:Outro empregado recente da Rare, o artista Jenny Clarke, disse nessa mesma série de entrevistas que não acredita como a Rare conseguiu fazer jogos tão feios quanto Donkey Kong Country
Jesus Facepalm Quando vi DKC quase morri de alegria que o SNES poderia fazer aquilo.

A RARE tem ótimas franquias mortas. Se soubesse usar corretamente, certamente o XB teria vendas muito melhores. Mas ficam nessa de chove e não molha.

Felipe JJ escreveu:
Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos.
Calma menino Laughing A Microsoft teve muita importância na industria de jogos, como a popularização dos Sistemas On-Line. O DirectX é uma das melhores bibliotecas gráficas já criadas e em meados de 2000 a Microsoft já tinha se ligado que arquiteturas convencionais de PC seriam o futuro dos consoles (o primeiro Xbox basicamente era um notebook da Dell montado em uma caixa). Tudo bem que ela ferrou com a Rare e fez muita merda, mas ela fez muita coisa boa sim e acho que ela não deve ser considerada um câncer na industria de jogos.


Última edição por Hayt em Dom 10 Nov 2013, 23:26, editado 1 vez(es)

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Convidado em Dom 10 Nov 2013, 23:26

Felipe JJ escreveu:Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC,  dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.
Pó velho, a Microsoft pode ter errado, mas acertou bastante também trouxe inovações boas para o mundo gamer e talz, claro que cada um gosta da empresa que mais agrada, mas eu acho que cada um merece o respeito pelo o que vez saca.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Chazzy em Dom 10 Nov 2013, 23:33

Felipe JJ escreveu:Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC,  dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.
Tem uma coisa que ela fez que eu pago pau e que a Sony copiou.

"Sistema "Global" de Achievements"

Chazzy
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 233
Posts Posts : 2652

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Fabbrini20 em Dom 10 Nov 2013, 23:48

Felipe JJ escreveu:Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC,  dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.
Eu não sou tão radical assim, mas também não gosto da Microsoft. Os jogos exclusivos dela são quase todos genéricos e clichês, que mostram apenas o potencial do console, sem focar em outros aspectos importantes da jogatina. A Nintendo e a Sony dão um baile na Micro quanto a isso.

@Chazzy, meh, eu viveria muito bem sem o sistema de Achievements/Trophies. Não acho-os necessários para uma experiência imersiva, eles não acrescentam conteúdo realmente útil pros jogos, apenas um fator replay para alguns jogadores que adoram caçar troféus/achievements.

Fabbrini20
Veterano Nv.4
Veterano Nv.4

Karma Karma : 64
Posts Posts : 479

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Felipe JJ em Dom 10 Nov 2013, 23:52

ViTh escreveu:
Felipe JJ escreveu:Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC,  dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.
Pó velho, a Microsoft pode ter errado, mas acertou bastante também trouxe inovações boas para o mundo gamer e talz, claro que cada um gosta da empresa que mais agrada, mas eu acho que cada um merece o respeito pelo o que vez saca.
Gostaria de ouvir inovações que citou. Aí terá meu respeito. Se for o que o Hayt falou, nevermind. -q

Also, essa é só a minha opinião e de 80% dos gamers, a maioria só não consegue expressar ou tenta ser mais sutil.Laughing 

Ajudar a popularizar o online não é nada grandioso, visto que cobram pra jogar nesse modo e ainda dividem os jogos em 200 DLCs vergonhosas, era melhor nem ter se popularizado da forma errada como foi, assim não teríamos jogos hoje com 3 horas de campanha com a justificativa de ter multi online. E esses jogos acabam influenciando outros, pegue por exemplo o gênero Stealth que está indo pro saco e adotando tendências super casuais desses jogos...isso é um ciclo, por isso considero um câncer.

Até as empresas que começaram a desenvolver pra eles ficaram ruins. Um exemplo disso é a dona Capcom, que quando fazia Resident Evil pra Sony ou pra Nintendo, os jogos eram bons, foi só aquele tipo de jogo se popularizar e a Microsoft entrar na jogada que casualizaram RE e começaram a implantar 300 DLCs.

Agora por causa do câncer chamado Microsoft, alguns adolescentes alienados que gostam de se chamar de gamers, quando vão comprar um console começam a valorizar mais função multimídia que os jogos em si. Hoje mesmo eu vi uma criatura dizendo que vai comprar o Xone ao invés do PS4 porque ele tem mais apps. A criança fez uma redação enorme só falando disso, quando perguntaram a ele sobre jogos, ele não soube o que dizer.

Agora muita gente acha normal pegar um jogo como Killer Instinct, e tranformar numa porcaria free to play que vem com 1 personagem e um estágio, e o resto você tem que pagar separadamente por cada personagem/estágio que comprar.

Sabe outra coisa muito cancerígena e engraçada? Pegar dezenas de milhões pra ter uma DLC temporária. Olha o cúmulo que esses caras chegaram. Laughing

Também nem preciso dizer que a maioria dos executivos e chefões da divisão do Xbox nem entendem de jogos, né? Eles mesmos já provaram isso, e já foi mostrado que vários deles nunca nem tiveram experiência com o ramo de jogos. Laughing 

Achievements, mais um câncer. Quantos jogadores se vê hoje por aí dizendo que não vão jogar jogo X por não ter "Platina" ou algo assim? Toda semana leio uma desgraça dessas. Ter troféus e afins pra motivar é algo até legal, agora quando os jogos começam a usar isso ridiculamente, isso fica tosco, e a quantidade de gente viciada numa porcaria dessas deixando de jogar jogo bom por não ter o sistema, é lamentável. É realmente muito legal você matar uma pessoa e aparecer na tela "achievemente unlocked". É... eu acho que vou ter que fazer força pra entender a lógica de alguns novos gamers.

Qualquer um que me disser que tudo isso é um câncer, eu realmente não vou conseguir entender como funciona a cabeça. Especialmente se for um gamer mais antigo.

Mas ninguém precisa se preocupar mais, daqui poucos anos estaremos livres desse câncer e ninguém se lembrará mais. O futuro CEO da MS tem planos de acabar com a divisão do Xbox, eliminar. Isso devido a marca ter dado bilhões de prejuízo nos últimos anos.

Imagino que comprar descaradamente thirdies, pagar milhões por banalidades como dlc exclusivo e outras bobagens devam ter dado muito prejuízo. Laughing

Creio que expressei boa parte da minha opinião, então:



Nways, sorry to be a little rude, mas é só opinião. =)

--------------------

Ainda sobre o tópico, tenho esperanças de algum dia a Sony ou a Nintendo comprarem Banjo/Conker, aí sim viriam JOGOS, não abortos que duram 6 horas.




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Convidado em Seg 11 Nov 2013, 00:08

Bom ai infelizmente é o que tu acha, bom acho que as "conquistas" é algo muito bom, principalmente pela  iniciativa de desafios e talz.

O kinect mesmo, eu não gosto dele (só pra deixar bem claro), mas é um puta de um aparelho principalmente pela inovação da captação de movimentos. 

Não acho que o principal problema é as Dlcs queba Microsoft faz, pois os exclusivos da empresas não são focados 100% em DLCs nem 50% na verdade. 

Enfim acho que a Microsoft fez mherda bcom Banjo and Kazooie, mas eu pretendo esperar para ver se sai alguma coisa no One.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Chazzy em Seg 11 Nov 2013, 00:39

Entendo Fabbrini, mas é questão de gosto, pra mim faz muita falta os Achievement na Nintendo, é um Hobby legal caçar os troféus, mas como qualquer coisa, tem gente que acha desnecessário, respeito, mas tem muita gente que curte. Tem até redes sociais sobre o assunto. Como o MyPst. Gostei muito dessa novidade nessa geração e foi obra da MS.

Eu por exemplo acho desnecessário essas funções como o console acessar Netflix, etc... nunca usei isso no console, mas tem gente que sente falta.

"Achievements, mais um câncer. Quantos jogadores se vê hoje por aí dizendo que não vão jogar jogo X por não ter "Platina" ou algo assim? Toda semana leio uma desgraça dessas. "


JJ eu discordo muito disso, isso aí vai da cabeça do gamer, eu por exemplo curto mais meus consoles Nintendo e quando pegar o WiiU com certeza vou dá uma trégua pro meu PS3, mesmo não tendo um sistema de conquistas, mas acho muito divertido pegar os troféus. Não é pra deixar de se divertir com o jogo, é apenas uma atração a mais.


Quanto a essa mentalidade de "se não tiver platina eu não jogo" e tal ,sempre teve gamer escroto assim, na época do PS1 mesmo conheço muita gente que usava Game Shark com frequência, esse tipo de coisa vai da cabeça do cara...

Chazzy
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 233
Posts Posts : 2652

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Felipefabricio em Ter 12 Nov 2013, 22:50

Felipe JJ escreveu:
ViTh escreveu:
Felipe JJ escreveu:Por isso considero a Microsoft um CÂNCER para a indústria de jogos. E falo isso com todas as letras, tudo que eles tocam vira lixo, toda empresa que faz parceria com eles vende a alma e começa a despedaçar os jogos em 200 DLCs, e por aí vai.

Olha o tipo de gente que contratam pra fazer jogos! Pessoas que acham que Kinect é algo decente, enquanto um grande clássico e um dos jogos mais bonitos da época, DKC,  dizem que é algo feio e ruim.

Mas o que podia se esperar de uma empresa que só trouxe coisa ruim pra indústria e só produz abortos e pilhas de lixo genéricos?

R.I.P Rare, sentirei muito a sua falta.
Pó velho, a Microsoft pode ter errado, mas acertou bastante também trouxe inovações boas para o mundo gamer e talz, claro que cada um gosta da empresa que mais agrada, mas eu acho que cada um merece o respeito pelo o que vez saca.
Gostaria de ouvir inovações que citou. Aí terá meu respeito. Se for o que o Hayt falou, nevermind. -q

Also, essa é só a minha opinião e de 80% dos gamers, a maioria só não consegue expressar ou tenta ser mais sutil.Laughing 

Ajudar a popularizar o online não é nada grandioso, visto que cobram pra jogar nesse modo e ainda dividem os jogos em 200 DLCs vergonhosas, era melhor nem ter se popularizado da forma errada como foi, assim não teríamos jogos hoje com 3 horas de campanha com a justificativa de ter multi online. E esses jogos acabam influenciando outros, pegue por exemplo o gênero Stealth que está indo pro saco e adotando tendências super casuais desses jogos...isso é um ciclo, por isso considero um câncer.

Até as empresas que começaram a desenvolver pra eles ficaram ruins. Um exemplo disso é a dona Capcom, que quando fazia Resident Evil pra Sony ou pra Nintendo, os jogos eram bons, foi só aquele tipo de jogo se popularizar e a Microsoft entrar na jogada que casualizaram RE e começaram a implantar 300 DLCs.

Agora por causa do câncer chamado Microsoft, alguns adolescentes alienados que gostam de se chamar de gamers, quando vão comprar um console começam a valorizar mais função multimídia que os jogos em si. Hoje mesmo eu vi uma criatura dizendo que vai comprar o Xone ao invés do PS4 porque ele tem mais apps. A criança fez uma redação enorme só falando disso, quando perguntaram a ele sobre jogos, ele não soube o que dizer.

Agora muita gente acha normal pegar um jogo como Killer Instinct, e tranformar numa porcaria free to play que vem com 1 personagem e um estágio, e o resto você tem que pagar separadamente por cada personagem/estágio que comprar.

Sabe outra coisa muito cancerígena e engraçada? Pegar dezenas de milhões pra ter uma DLC temporária. Olha o cúmulo que esses caras chegaram. Laughing

Também nem preciso dizer que a maioria dos executivos e chefões da divisão do Xbox nem entendem de jogos, né? Eles mesmos já provaram isso, e já foi mostrado que vários deles nunca nem tiveram experiência com o ramo de jogos. Laughing 

Achievements, mais um câncer. Quantos jogadores se vê hoje por aí dizendo que não vão jogar jogo X por não ter "Platina" ou algo assim? Toda semana leio uma desgraça dessas. Ter troféus e afins pra motivar é algo até legal, agora quando os jogos começam a usar isso ridiculamente, isso fica tosco, e a quantidade de gente viciada numa porcaria dessas deixando de jogar jogo bom por não ter o sistema, é lamentável. É realmente muito legal você matar uma pessoa e aparecer na tela "achievemente unlocked". É... eu acho que vou ter que fazer força pra entender a lógica de alguns novos gamers.

Qualquer um que me disser que tudo isso é um câncer, eu realmente não vou conseguir entender como funciona a cabeça. Especialmente se for um gamer mais antigo.

Mas ninguém precisa se preocupar mais, daqui poucos anos estaremos livres desse câncer e ninguém se lembrará mais. O futuro CEO da MS tem planos de acabar com a divisão do Xbox, eliminar. Isso devido a marca ter dado bilhões de prejuízo nos últimos anos.

Imagino que comprar descaradamente thirdies, pagar milhões por banalidades como dlc exclusivo e outras bobagens devam ter dado muito prejuízo. Laughing

Creio que expressei boa parte da minha opinião, então:



Nways, sorry to be a little rude, mas é só opinião. =)

--------------------

Ainda sobre o tópico, tenho esperanças de algum dia a Sony ou a Nintendo comprarem Banjo/Conker, aí sim viriam JOGOS, não abortos que duram 6 horas.
Eita,que opinião grande.Mas li tudo,e achei muito interessante o que você escreveu.

Eu acho Achievements apenas um extra bonitinho.Nada que me interfira muito na minha jogatina,raramente ligo pra um,a não ser que seja realmente um desafio legal,tipo a conquista do HL2:Episode One que você tem que zerar o jogo dando apenas um tiro.Isso é legal.É um desafio pros gamers.Agora achievements do tipo "Parabéns,passou o tutorial",isso sim é ridículo.

Games focados em campanhas multiplayer...Eu acho que não deviam,então,ter uma campanha singleplayer.Sim,isso mesmo.Existem jogos assim,como Team Fortress,e são muito bons.Assim eles podem dar o enfoque que quiserem no Multi e se quiserem algo Single,façam um jogo novo.

DLC's eu acho algo ridículo,que beira ao sem-noção.Pacotes de expansão,como Gods & Kings do Civ.5 ou New Super Luigi U do NSMBU,tudo bem.São quase jogos novos.Mas lançar DLCs com,por exemplo,algo que já podia vir no jogo?Eu acho que isso é querer extrair do jogo ao máximo,sem nem dar chance pro consumidor.Tipo comprar música nova pro Guitar Hero,beira ao ridículo pra mim as produtoras fazerem isso pra ganhar uma grana á mais.

E a saturação dos FPS's...É,tá saturado mesmo.Mas vez ou outra lança um FPS inovador,e isso é bom,como SuperHot.Agora,os genéricos,eu prefiro que se acalmem,porque tem muito genérico por aí.E,claro,isso tá tirando a importância de outros games,tão bons quanto FPS's Neutral

Eu acho isso.Mas,contra o Xbox,não tenho nada muito contra não.Só não gosto dos exclusivos e acho muito enfoque no Online.E o que importa pra mim num console,são os exclusivos,então pra mim,eu não tenho muita vontade de pegar um Xbone/360.Mas isso é o que eu gosto.




Gostaria de ler uma história?Então leia O Quase Fim do Mundo!

Felipefabricio
Masked Man
Masked Man

Karma Karma : 147
Posts Posts : 1962

Ver perfil do usuário http://felipefabricio.wordpress.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Cortex em Qua 13 Nov 2013, 12:31

Rare nem deveria existir... deveria estar enterrada como foi a Midway e a Hudson.

Pra quem tinha Killer Instict e foi criar Kinect Sports Rivals é uma decadência imensurável.


#Team ICO

MYPST:



Cortex
XetrocorteX
XetrocorteX

Karma Karma : 169
Posts Posts : 1760

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Rare de hoje em dia não sabe o que é Conker ou Banjo Kazooie

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 23:53


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum