PlayStation Blast
Ei, você aí. Nosso fórum contém uma gama diversificada e grande de discussões que você poderia fazer parte! Além dos membros serem educados e atenciosos. Então por que não se cadastra aí? Venha discutir conosco e fazer amizades aqui, no Fórum PlayStation Blast!

[Oficial] The Evil Within

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Dom 16 Mar 2014, 03:09




Shinji Mikami, o pai do suvival horror, está de volta com The Evil Within - um jogo encarnando o significado do puro survival horror. Com ambientes muito bem trabalhados, ansiedade no ar e uma história intrigante, o jogo consegue criar um mundo imersivo que levará os jogadores a mais alta tensão.

Seja bem vindo ao tópico Oficial de The Evil Within.



Este tópico é divido em 2 partes, sendo esta a primeira. Para não se perder no mundo devastador de The Evil Within, adicionamos este índice para que você possa navegar melhor. Para ir até uma das horripilantes categorias basta clicar no nome dela.

Ficha Técnica - História - Personagens - Criaturas - Gameplay



Lançamento: 26/08/2014
Desenvolvedora: Tango Gameworks
Publisher: Bethesda Softworks
Estilo: Survival Horror
Modos de jogo: Single Player
Plataformas: Playstation 3/Playstation 4/Xbox360/Xbox One/ PC





O misterioso detetive, Sebastian, e seus companheiros, Joseph Oda e Julie Kidman, são recrutados para uma investigação. Quando chegam a cena do crime tudo que encontram é um lugar sombrio e abandonado, porém eles não estavam a sós.

No local, Sebastian testemunha uma figura encapuzada massacrando seus colegas policiais um por um. Após isso, alguém ataca o misterioso detetive por trás e o deixa inconsciente. Mais tarde ele acorda e percebe que está preso num lugar onde perigosas criaturas habitam e que terá que lutar para escapar, além de tentar compreender toda a loucura de seu amigo, a fim de entender o que está acontecendo e se libertar da horrenda situação em que se encontra.





Sebastian Castellanos é o personagem principal do jogo. Descrito como um homem de personalidade forte e psicológico bem preparado para enfrentar qualquer problema, mesmo os mais insanos, o detetive deverá fazer uma longa jornada para descobrir segredos horripilantes em seu mais novo caso.



Joseph Oda é um dos 3 investigadores principais do jogo. Ele é amigo de Sebastian, mas não tem um psicológico tão forte quanto o do amigo. Oda é metade japonês
.



Julie Kidman, apelidada de "Kid" devido ao seu sobrenome e juventude, é a última das 3 personagens principais do jogo. Ela também é uma detetive que é enviada a cena do crime, onde encontra apenas carros da polícia abandonados.






Os Zumbis são os principais inimigos encontrados em Evil Within. Eles são criaturas de aparência grotesca, tendo pregos enfiados nos olhos, são cobertos de cacos de vidro e possuem arame farpado enrolado na cabeça e alguns podem ter olhos que brilham. De acordo com Shinji Mikami, eles sofreram uma mutação e estão expressando o mal presente neles.

Durante o jogo eles podem ser encontrados sozinhos, ou em grupos, e carregando armas como: machados, tochas ou enxadas.



RE-Bone Laura é uma criatura com aparência semelhante a uma mulher e tem o rosto e corpo cobertos pelo seu cabelo. Ela se move rápido devido aos seus múltiplos membros, tendo em 2 deles unhas afiadas que usa para atacar.



A criatura chamada Butcher aparenta ser um homem grande usando uma máscara de ferro e carrega uma serra elétrica. Na sua primeira aparição, o jogador ainda não possui armas, fazendo com que tenha de fugir, mas ele pode ser encontrado novamente em outros pontos do jogo.



Boxman é um inimigo que parece uma pessoa de estatura bem elevada e usa um tipo de cofre na cabeça. Ele carrega em uma das mãos uma marreta cheia de espinhos, e na outra, um saco com algo dentro.





Survival horror - O jogador deve se aventurar pelo mundo com recursos limitados, o que leva o leva a usar sua inteligência para resolver situações críticas. Em meio a tudo isso ele ainda encontrará horrores indescritíveis enquanto progride.

Armadilhas e quebra-cabeças: O jogador não só tem que lutar para sobreviver, mas também encarar armadilhas perigosas e mecanismos astutos. Caso se distraia, o jogador pode morrer facilmente com as armadilhas, porém se for atento pode usá-las a seu favor para enfrentar os inimigos.

Ambiente dinâmico - Durante todo o jogo, o ambiente muda em tempo real baseado na ação do jogador.


Enquanto explora, a câmera fica atrás do jogador. É possível movê-la livremente, mas em algumas situações ela ficará fixa para mostrar algo de interesse. Durante o combate, mirar coloca a câmera atrás do ombro, como em Resident Evil 4.

O jogador pode acessar um menu circular a qualquer momento para trocar armas e itens. Ao mesmo tempo, o jogador também pode colocar os itens em um atalho no joystick para selecionar o que deseja em tempo real.

É possível atirar em partes diferentes dos inimigos e obter reações condizentes com o local acertado. Por exemplo, atirar na perna fará o inimigo mancar, o que permitirá o jogador eliminá-lo com mais facilidade. Além disso, a IA (Inteligência Artificial) dos inimigos é dinâmica, ou seja, encoraja os jogadores a mudarem sua estratégia.

Por fim, o jogo incorpora elementos do gênero Stealth para poupar munição. O jogador pode apertar R2 para entrar no modo silencioso para evitar um confronto com um inimigo.





DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Wolfman em Dom 16 Mar 2014, 03:09





Este tópico é divido em 2 partes, sendo esta a segunda. Para não se perder no mundo devastador de The Evil Within, adicionamos este índice para que você possa navegar melhor. Para ir até uma das horripilantes categorias basta clicar no nome dela.

Galeria - Análises/Prévias - Notícias - Pré-Vendas



































Suspense constante

O jogo coloca você no controle de Sebastian Castellanos, um detetive que investiga o sumiço de vários policiais em um hospício. No começo do game, Sebastian chega ao hospital, onde uma dúzia de viaturas desocupadas ocupam o lado de fora, mas o edifício está abandonado.

Castellanos arromba uma porta e entra,cobrindo seu nariz ao sentir o cheiro de sangue e putrefação. Com corpos por todos os lados, tripas e sangue pelo chão, fica claro que o hospício foi palco para um massacre sinistro.

Ao investigar o local, Sebastian encontra uma sala de segurança, onde assiste a uma gravação das câmeras: no vídeo, os policiais fogem por um corredor, atirando em algo que não aparece na tela. O sangue voa quando uma criatura translúcida surge no meio deles.

O ser demoníaco se vira para a câmera e olha para o detetive.... e de repente, ela está na sala, atrás de Sebastian, pronta para o inevitável ataque.

Sebastian acorda em uma sala cheia de cadáveres, pendurado de cabeça para baixo. Um homem enorme coberto de sangue fatia um dos corpos no canto da sala, arrancando o torso do defunto e se concentra no trabalho de açougueiro infernal, de costas para o detetive, que vê aí uma oportunidade para tentar escapar.

Você balança o detetive para os lados, agarrando uma faca presa na barriga do cadáver ao lado. Após se soltar com a faca, Sebastian corre para a saída – tudo daria certo, exceto pela porta estar trancada. É preciso pegar as chaves que estão ao lado do açougueiro...

“The Evil Within” começa assim, construindo rapidamente uma atmosfera de terror  para logo em seguida colocar o jogador cara a cara com seus monstros. Sem muitas explicações, Sebastian é jogado de uma situação para a próxima, sempre com a tensão e o suspense deixando o jogador sentado na beira do sofá, incerto do perigo que espreita em cada virada do jogo.

Sequências furtivas como a do açougueiro são acompanhadas por perseguições frenéticas, em que um único erro vai significar o fracasso e a morte implacável – seja nas garras de um demônio ou nos dentes de uma moto-serra.

Realidade distorcida

Eventualmente, Sebastian consegue escapar de seu perseguidor e fugir do hospício. Lá fora, a cidade está em ruínas. As ruas estão rachadas ao meio e os prédios e carros pendem para dentro de um abismo.

Assim como em “Silent Hill” ou outras obras de terror japonesas, “The Evil Within” brinca com o conceito de sanidade: afinal, em um mundo onde demônios e zumbis estão soltos nas ruas, quem tem certeza do que é ou não real?

Luta pela sobrevivência

Se por um lado “The Evil Within” traz sensações de insegurança e fragilidade, a tensão e a morte implacável dos jogos de horror, também oferece ao jogador a adrenalina da luta pela sobrevivência.

Seus combates prometem fortes emoções, com Sebastian encarando hordas de zumbis e coisas ainda piores em tiroteios “por cima do ombro”, como em “Resident Evil 4” e outros jogos similares.

Porém, munição é um bem valioso e deve ser conservado.

Para isso, você pode incinerar os inimigos com tochas antes que se levantem de novo.

O jogo permite instalar minas e armadilhas em janelas, que explodirão quando as criaturas entrarem, por exemplo.

Para sobreviver, é preciso pensar de forma estratégica - não basta mandar bala para todos os lados.

Além dos monstros ‘normais’, criaturas que parecem vindas de pesadelos proporcionam desafios maiores para o pobre detetive. Após se livrar de uma leva de zumbis, Sebastian pode ser atacado por seres grotescos, como uma garota cadavérica cheia de braços, por exemplo.

Horror definitivo?

A nova obra de Shinji Mikami reúne referências e mecânicas que são conhecidas pelos apreciadores do ‘horror de sobrevivência’ e pelos  filmes de terror orientais. Mecânicas que apelam para os fãs do gênero e que têm sido deixadas de lado pelas produtoras em jogos mais recentes também aparecem aos montes.

Ao retornar para as raízes do horror, “The Evil Within” busca oferecer uma experiência assustadora e coesa, maior do que a soma de suas partes. Mais ainda, busca liderar o caminho para a próxima geração de jogos do tipo, com mecânicas modernas, mas sem ceder espaço para as facilidades e convenções dos games de ação atuais.

IGN | PLAYSTATION MAGAZINE | CVG



Indisponível no momento.



Apenas após o lançamento do jogo.





Bethesda e criador de Resident Evil anunciam novo survival horror:


Tem saudade dos antigos jogos de survival horror, os quais a tensão e o medo tomavam conta de você? Então esta notícia deverá lhe agradar. A Bethesda, juntamente com Shinji Mikami - a mente por trás da série Resident Evil - anunciaram The Evil Within, título que promete ressuscitar o gênero de terror. A história irá focar em Sebastian, um detetive que, após ser levado a investigar uma carnificina de policiais, fica inconsciente e acorda em um mundo repleto de monstros famintos por carne humana.

Fonte
The Evil Within promete ser tão horripilante quanto Resident Evil:


Dirigido por ninguém menos que o pai de Resident Evil, Shinji Mikami, The Evil Within tem tudo para ser um jogão de terror. Desenvolvido pela Bethesda, o jogo que promete ser um "puro" survival horror, está em desenvolvimento para o Xbox One, Xbox 360, PlayStation 4, PlayStation 3 e PC, com previsão de lançamento para o ano que vem.

Fonte
Para criador de Resident Evil, os jogadores estão mais resistentes ao horror:


Atualmente o gênero survival horror não possui muitos representantes expressivos como na metade década de 1990. Resident Evil, Parasite Eve, Dino Crisis, Silent Hill e Clock Tower são apenas alguns jogos que rendiam bons sustos durante a era de ouro do gênero.

Para Shinji Mikami, o criador de Resident Evil e atualmente diretor de The Evil Within, os jogadores de hoje estão mais resistentes ao horror. Segundo Mikami, as pessoas se acostumaram aos truques de horror e sabem o que vai acontecer:

"Não houve muitas mudanças quando se trata de causar terror no jogador. Mas as pessoas se acostumaram aos truques de horror e sabem o que está por vir, então, nesse quesito, é mais difícil fazê-las sentirem medo."

E você, concorda que o gênero survival horror não é tão impactante como antes porque os jogadores estão mais preparados para os acontecimentos? Ou por que houve a mudança para mais elementos de ação nos jogos do gênero?

Fonte
The Evil Within recebe datas de lançamento para América do Norte e Europa:


The Evil Within, nova aposta de Shinji Mikami para revitalizar o gênero survival horror, recebeu hoje suas datas de lançamento para a América do Norte e para a Europa. Conforme anunciado pela Bethesda, o título será lançado no dia 26 de agosto nos Estados Unidos e no dia 29 de agosto no velho continente.

Na trama, ao investigar uma cena de crime de assassinato em massa, o detetive Sebastian Castellanos é atacado e cai inconsciente. Ao acordar, ele se vê em um ambiente hostil repleto de criaturas horrendas.

The Evil Within vai ter versões para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC.

Fonte




Ansioso para por as mãos no survival horror mais aguardado dos últimos tempos? Algumas lojas já estão fazendo a pré-venda do game. Confira:






Como anda sua expectativa pelo jogo? Acha que vai ser tudo o que promete? Deixe sua nota (de 0 a 10), baseada na sua expectativa, em seu post que ela será contabilizada para a criação de uma média dos usuários!



Última edição por Wolfman em Qua 09 Abr 2014, 20:36, editado 1 vez(es)

Wolfman
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 487
Posts Posts : 1662

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Dom 16 Mar 2014, 03:14

Lembrando que este tópico tem 2 partes (e 2 índices), então não deixem de conferi-las.

Deixem também suas notas, de 0 a 10, de acordo com suas expectativas.


Boa leitura. Esperamos que gostem




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por CabraltZ em Dom 16 Mar 2014, 09:45

Minha expectativa para o jogo é 11, estou ansioso para ver se vai trazer o survival horror de volta, porém, não acredito que vá, pois varias coisas da pra fazer que é baseada em RE.
Basta esperar, mesmo assim, acredito que sera um otimo jogo Very Happy

- responda minha pergunta plz, o jogo sera traaduzido pra PT-BR? ou só em ingles mesmo?
Você não adicionou isso ao tópico, seria uma boa Very Happy

CabraltZ
Veterano Nv.16
Veterano Nv.16

Karma Karma : 21
Posts Posts : 788

Ver perfil do usuário https://twitter.com/#!/_Moises_Junior http://www.facebook.com/moises.junior.54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Gabriel Cortês em Dom 16 Mar 2014, 10:07

Caramba! Estou impressionado com a qualidade gráfica da nova geração! Méo Déos! Agora falando do jogo, parece ser foda demais, mas como sou cagão não vou ver nem Gameplay e.e

Só pra mim ou quando entro no post toca uma música malégena e eu fico com mó cagaço de alguém soltar um grito do nada e eu ter um infarto? ;-;

Gabriel Cortês
Membro Nv.MÁX
Membro Nv.MÁX

Karma Karma : 53
Posts Posts : 387

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por lukazzz em Dom 16 Mar 2014, 12:20

Otimo topico! esse jogo promete ser assustador kkk, mesmo eu sendo meio covarde pra esses tipos de jogos, darei uma chance sim, de vez em quando é divertido se assustar kkkkkk

Expectativa 9/10

lukazzz
Veterano Nv.13
Veterano Nv.13

Karma Karma : 98
Posts Posts : 723

Ver perfil do usuário http://alvanista.com/lukazz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Wolfman em Qua 09 Abr 2014, 12:51

Liberado novo trailer de gameplay do jogo.


Wolfman
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 487
Posts Posts : 1662

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Ter 27 Maio 2014, 22:48

Novo vídeo com gameplay foi divulgado:





DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Drake1 em Ter 27 Maio 2014, 23:20

The Evil Within foi adiado para o mês de outubro (dia 21 de outubro na América do Norte e 24 de outubro na Europa).

E para quem realizar a pré-compra do jogo receberá o DLC "The Fighting Chance Pack", que inclui: um Medical Kit, Green Gel, Double Barrel Shotgun e 3 Shells, Incendiary Agony Bolt e Poison Agony Bolt. 

A empresa também divulgou um novo trailer, onde mostra as reações das pessoas que experimentaram o game. 



Novas imagens também foram divulgadas.
IMAGENS:
















Drake1
Veterano Nv.10
Veterano Nv.10

Karma Karma : 38
Posts Posts : 646

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por DABLIO23 em Qui 29 Maio 2014, 12:08

Felipe JJ escreveu:Lembrando que este tópico tem 2 partes (e 2 índices), então não deixem de conferi-las.

Deixem também suas notas, de 0 a 10, de acordo com suas expectativas.


Boa leitura. Esperamos que gostem


 Palmas  TOPICO LOKO, PARABÉNS. Tá Serto

DABLIO23
Membro Nv.7
Membro Nv.7

Karma Karma : 5
Posts Posts : 92

Ver perfil do usuário https://www.facebook.com/dablio23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Qui 17 Jul 2014, 18:12

Vazou a demonstração a portas fechadas que o jogo teve:

http://www.dailymotion.com/video/x21n2ch_videogames




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Drake1 em Sex 18 Jul 2014, 23:22

No inicio o jogo The Evil Within estava previsto para chegar às lojas no dia 26 de julho, mas foi adiado para 21 de outubro. E agora, o jogo  teve o seu lançamento adiantado em uma semana para o dia 14 de outubro.

Drake1
Veterano Nv.10
Veterano Nv.10

Karma Karma : 38
Posts Posts : 646

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Vermilion em Qua 30 Jul 2014, 21:04

A Bethesta iniciou uma votação para a capa reversível do The Evil Within, é possivel votar em 3 opções.

Spoiler:





Fonte: Bethblog

Vermilion
Veterano Nv.4
Veterano Nv.4

Karma Karma : 68
Posts Posts : 498

Ver perfil do usuário https://twitter.com/Dantares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Wolfman em Qua 30 Jul 2014, 21:41

Vermilion escreveu:A Bethesta iniciou uma votação para a capa reversível do The Evil Within, é possivel votar em 3 opções.

Spoiler:





Fonte: Bethblog

Puts, a primeira capa ali está sensacional. Espero que ganhe. A terceira ficou bem interessante também mas não tanto quanto a outra na minha opinião. Já a segunda não gostei mesmo.

Wolfman
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 487
Posts Posts : 1662

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Qua 30 Jul 2014, 22:08

Vermilion escreveu:A Bethesta iniciou uma votação para a capa reversível do The Evil Within, é possivel votar em 3 opções.

Spoiler:





Fonte: Bethblog

Tomara que a primeira ganhe, ficou sensacional! Esse jogo é compra mais do que certa já. Finalmente de volta às origens do Survival Horror. Twisted Evil 




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Vermilion em Qua 30 Jul 2014, 22:31

Eu pessoalmente não tenho hype algum pelo The Evil Within, principalmente depois de tudo que ví. O jogo é praticamente um Resident Evil 4 cruzado com o clássico elemento lovecraftiniano de sempre, isso tudo somado com as demos não animaram nem em relação ao combate (same old shit) ou puzzles puco inspirados.

Lembro de ter feito esse comentário em um outro forum há alguns meses atrás

Vermilion escreveu:Eu ainda temo pelo pacing do jogo, tenho um baita receio com essa do jogo ser dividido em capítulos. Espero que haja exploração, limitação de recursos e não apenas ande para frente e lide com os monstros que jogamos em você. Outro fator importante é entender a extensão de cada capitulo, se forem grandes apresentando uma cena que pode ser explodara e não apenas um corredor onde você escolhe escapar ou enfrentar os inimigos, I'm all for it... mas se for o que temos visto por ai eu honestamente vou passar longe do jogo.
Até agora meu hype está morno pra frio, espectativas baixas pra não me decepcionar com um jogo que até agora me deu mixed feelings. Vamos ver se o Mikami ainda consegue me impressionar positivamente em um survival horror.

Lembro também da demo da PAX East (em abril) que me decepcionou bastante!

Vermilion escreveu:Primeira demo
- Apesar das constantes mudanças no cenário (prédios desabando, chão caindo...) seu personagem não reage à nenhuma delas.
- Variado arsenal de armas à sua disposição, eliminando a sensação de insegurança e tensão. Além disso o jogo segue a fórmula do ande um pouco, mate uns inimigos, ande mais um pouco e mate mais inimigos.
- Adição de stealth de uma maneira pouco refinada, parecendo mais uma tentativa forçada de apelar para o sucesso de The Last of Us (foi dito até que as animações são bem similares).

Segunda demo
- A segunda consiste em um "puzzle", que basicamente se resume em girar algumas válvulas. Ao chegar nos 75% de completar a válvula, o box-head (inimigo que aparece no último trailer) aparece, você mata ele e repete o mesmo puzzle até concluir a demo.
- Também inclui armas poderosas para derrotar o box-head.

Nesses meses a única coisa que assumidamente eu ví que melhorou marginalmente foram os gráficos, que infelizmente vão sofrer bastante com a id Tech5 (megatextures não ajudam muito jogos em ambiente fechado).

Se você tiver extrema coragem e nervos de aço, você pode jogar o pewpewdie e seu gameplay de 16 minutos (eu honestamente prefiro ver 16min de Barney e Seus Amigos do que aguentar 2 segundos de pewpewdie).

Vermilion
Veterano Nv.4
Veterano Nv.4

Karma Karma : 68
Posts Posts : 498

Ver perfil do usuário https://twitter.com/Dantares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Felipe JJ em Sab 02 Ago 2014, 04:26

Uma propaganda online japonesa de The Evil Within foi divulgada pela Bethesda.

Clique aqui para conferir tudo.

O que mais chama a atenção são os perfis dos personagens principais (Sebastian Castellanos, Joseph Oda e Julie Kidman) e alguns dos inimigos.



Fonte




DRIVE-THRU DO BONDE:


Felipe JJ
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 600
Posts Posts : 3172

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Cortex em Sab 02 Ago 2014, 04:39

Vermilion escreveu:Eu pessoalmente não tenho hype algum pelo The Evil Within, principalmente depois de tudo que ví. O jogo é praticamente um Resident Evil 4 cruzado com o clássico elemento lovecraftiniano de sempre, isso tudo somado com as demos não animaram nem em relação ao combate (same old shit) ou puzzles puco inspirados.

Lembro de ter feito esse comentário em um outro forum há alguns meses atrás

Vermilion escreveu:Eu ainda temo pelo pacing do jogo, tenho um baita receio com essa do jogo ser dividido em capítulos. Espero que haja exploração, limitação de recursos e não apenas ande para frente e lide com os monstros que jogamos em você. Outro fator importante é entender a extensão de cada capitulo, se forem grandes apresentando uma cena que pode ser explodara e não apenas um corredor onde você escolhe escapar ou enfrentar os inimigos, I'm all for it... mas se for o que temos visto por ai eu honestamente vou passar longe do jogo.
Até agora meu hype está morno pra frio, espectativas baixas pra não me decepcionar com um jogo que até agora me deu mixed feelings. Vamos ver se o Mikami ainda consegue me impressionar positivamente em um survival horror.

Lembro também da demo da PAX East (em abril) que me decepcionou bastante!

Vermilion escreveu:Primeira demo
- Apesar das constantes mudanças no cenário (prédios desabando, chão caindo...) seu personagem não reage à nenhuma delas.
- Variado arsenal de armas à sua disposição, eliminando a sensação de insegurança e tensão. Além disso o jogo segue a fórmula do ande um pouco, mate uns inimigos, ande mais um pouco e mate mais inimigos.
- Adição de stealth de uma maneira pouco refinada, parecendo mais uma tentativa forçada de apelar para o sucesso de The Last of Us (foi dito até que as animações são bem similares).

Segunda demo
- A segunda consiste em um "puzzle", que basicamente se resume em girar algumas válvulas. Ao chegar nos 75% de completar a válvula, o box-head (inimigo que aparece no último trailer) aparece, você mata ele e repete o mesmo puzzle até concluir a demo.
- Também inclui armas poderosas para derrotar o box-head.

Nesses meses a única coisa que assumidamente eu ví que melhorou marginalmente foram os gráficos, que infelizmente vão sofrer bastante com a id Tech5 (megatextures não ajudam muito jogos em ambiente fechado).

Se você tiver extrema coragem e nervos de aço, você pode jogar o pewpewdie e seu gameplay de 16 minutos (eu honestamente prefiro ver 16min de Barney e Seus Amigos do que aguentar 2 segundos de pewpewdie).

Eu tbm detesto o pewdiepew   Hue Br 

Por mais que esteja nas mãos do Mikami, eu também nao vejo algo que chamou atenção, infelizmente, e olha que procuro survivor horrors pq acho meio afastado do mesmo. O único que eu jogava muito era o Silent Hill (TLoU por mais que tenha os infectados, n me da medo/pertubação nenhuma) e mt pouco de dead space.  Xoray Selana 


#Team ICO

MYPST:



Cortex
XetrocorteX
XetrocorteX

Karma Karma : 169
Posts Posts : 1760

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Wolfman em Sab 02 Ago 2014, 16:01

Até concordo com algumas das críticas, e pelo que tem parecido o jogo não vai fazer algo novo e impressionante, mas se for um survival horror bem feito já é o suficiente pra mim. Esse tipo de jogo numa escala maior não tem acontecido muito e faz falta, então espero que de qualquer forma chame atenção pra que outros façam mais.

Quero muito ver no que dá o Fatal Frame do Wii U também. Nesse eu estou bem confiante até. Se Evil Within não cumprir o que promete, acho que esse vai pelo menos.  Razz 

Wolfman
Veterano Nv.MÁX
Veterano Nv.MÁX

Karma Karma : 487
Posts Posts : 1662

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por The Legendary Warrior em Dom 03 Ago 2014, 00:25

Mano esse jogo promete demais mano o clima dele o jeito que ele vai ser pelo menos vai ser um bom survival horror bom pelo clima e pelo jeito de ele ser tenso e por causa das criaturas eu espero que ele se mantenha assim quando lançarem

The Legendary Warrior
Survivor
Survivor

Karma Karma : 22
Posts Posts : 569

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Vermilion em Sex 15 Ago 2014, 23:33

The Legendary Warrior escreveu:Mano esse jogo promete demais mano o clima dele o jeito que ele vai ser pelo menos vai ser um bom survival horror bom pelo clima e pelo jeito de ele ser tenso e por causa das criaturas eu espero que ele se mantenha assim quando lançarem
Eu vejo o contrário, muito hype em cima do jogo e esperanças de que ele salve o gênero (por ter o Mikami na direçã), e poucas amostras de que realmente o jogo promete algo de interessante.
Dentre tudo o que foi mostrado recentemente, P.T. e Until Dawn foram as coisas que mais me animaram.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uma hora de stream do jogo no PlayStation 4 (stream oficial da Bethesda)


Vermilion
Veterano Nv.4
Veterano Nv.4

Karma Karma : 68
Posts Posts : 498

Ver perfil do usuário https://twitter.com/Dantares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Vermilion em Ter 16 Set 2014, 18:39

Curiosamente as ultimas impressões em relação ao jogo (que sofreu severas mudanças desde as últimas aparições) realmente começaram a mudar minha visão em relação a ele. Um jogo que parecia muito calcado em Resident Evil 4, parece lentamente estar  ganhando sua própria identidade.
Esse vídeo mesmo do Hines jogando já dá uma impressão de algo mais original ou mais inspirado. Não vou traduzir as impressões dos jogadores (até porque tenho pouco tempo e é muito texto), mas postarei tudo na integra aqui. Vale a leitura.

symphonask escreveu:Controls - First thing I did when I got my hands on it was to get a feel for the controls. Aiming is weighty - the reason you don't have a laser pointer for a reticule in this game is because the reticule is dynamic. Think Counter-Strike - when your moving and panning the camera around the reticule is spread out - stop and keep it steady, the reticule is smaller and you are more accurate. Coupled with the weighty aiming, this makes the gunplay less snappy than the likes of an RE4. But that's a good thing. If RE4 skewed a little bit towards the action spectrum in the survival horror genre, then the Evil Within skews towards a more tactical, survival-based approach. A lot of the time you don't want to take enemies on head-on.

Ammo is scarce. If you are not using your resources carefully, you will run out of ammo. The game isn't afraid to throw multiple enemies at you even if you have next to no ammo.

The game is challenging. You do not want to be in close proximity to an enemy with only a few rounds left in your pistol. I tended to run back and aim from midrange. Multiple enemies can overwhelm you very quickly. In this game, more so than in RE4, you will need to make use of every available resource in a gunfight. For example, I had the unfortunate luck of facing 4-5 enemies in a single room. Taking out one guy with a few well placed headshots with the pistol alerted all his friends in the same room. In this game you can't shoot one of them in leg then run up and do a roundhouse kick in the face of three guys in front of you. After the first guy was down, another was coming really quickly towards me from the doorway I shot his friend from. Precise, time consuming aiming with the pistol was no an option here - too much risk if I missed. I switched to my shotgun. I blew the enemy's head off as he was two feet away from me. I then very quickly switched to my explosive crossbow bolt and shot one of the remaining two enemies who were further back. Both thankfully exploded in satisfying chunks of gore. What makes these encounters so exhilarating is that had I missed the first few shots with my pistol, the encounter would have gone very poorly or I would have run out of ammo very quickly.


There is no go-to weapon here. No ideal way to dispatch a group of enemies every time. Every encounter, I had to stop and think, plan ahead on my next moves. Because once a group of enemies are alerted to your presence in a room, you have to react quickly on instinct and make decisions on which weapons to conserve and which you can afford to use in this encounter - because the next one might require it more.

Playing through the level multiple times, I really appreciated the occasional random enemy placements. There is less trial and-error gameplay, and it keeps you on your toes as there might be a threat behind every door. I also found that it helps replayability a great deal.

The gunplay is satisfying - the tactical decision making you do for tough encounters makes it really satisfying when those decisions pay off.

I won't bore you guys with how great the art in this game looks, or how you can take multiple paths to beat a level because, well you guys can all see it in the long gameplay videos on youtube. I mainly wanted to talk about the mechanics of the game. I loved my time with it. This isn't the next RE4 - this game is if RE4 grew some balls and stopped treating you like an action hero and took pleasure in punishing you, taking away the things you like - your ammo, your snappy aiming, you're paused inventory screen, your unlimited run and so on.

Take it from me, Mikami is back to school designers on a new type of modern TPS.

Dusk Golem escreveu:The Evil Within I believe will have people a bit uncertain or cautious toward the title until release. The game has an uphill battle to win for player favor and success, in big part due to Bethesda not being exactly sure how to market the title, especially early on, and less than stellar showings and previews earlier this year around the time of PAX East.

People seem to have many misconceptions on what the game actually is. Many think the game is an action game trying to pass off as a horror game, or a shoddily made game with a lack of oomph due to early footage, a game with an identity crisis on what it wants to be, or a sequel essentially to Resident Evil 4.

The verdict of how it will all turn out is up in the air still obviously, but it's become my most anticipated title and a game I'm personally very certain will surprise a lot of people based on playing a demo of the game for a collective period of time of three hours, played the game more than once.

I wanted to make the topic simply to tell others that via GMG coupons, for a short time you can pre-order the Steam version for a substantial amount cheaper with pre-order bonus and all. But to make this topic more interesting, to help more people understand why I'm excited and maybe get excited themselves, an overall just being awareness, here's 25 reasons The Evil Within will probably rock.

01.) The game is littered with developer veterans. Shinji Mikami, the father of Resident Evil and director of Dino Crisis, Resident Evil 4, & Vanquish, is the most obvious one. But a series of other people from Shinji's past are involved, including staff that worked on RE1-RE4 (including the lead environment artist from REmake), a few people who worked on Haunting Ground, a few from Platinum Games who worked on Bayonetta 1 and Vanquish, and people from Grasshopper Games who worked on Michigan: Report From Hell, Killer7, and Shadows of the Damned. This has also been measured out with fresh blood to the industry who the staff at Tango have been reaching and training during the game's development.

02.) The game is legitamitely challenging. People often complain about games being too hand-holding, easy these days, and for a horror or action game want to be challenged, and Evil Withon is just that. The game is even challenging on its Normal difficulty, though there are two difficulties higher than that available. This is coming from someone who commonly plays most games on hard difficulty the first time through, The Evil Within on normal alone challenged me.

03.) The enemies are intelligent and deceiving. The main force of enemies in this game are beings known as The Haunted, they make creepy noises, strange and creepy animations, and are tough to take down. They work together, pointing you out to others with loud noises when spotted, using odd signals to tell others to corner or crowd you at the right time. Some will decide to hide around comer to ambush you, duck or side-step your aim if you're trying to take that perfect shot, or madly charge at you with a weapon to induce your reaction time. Some even try to sneak up on you and grab you to let others get at you, and if you manage to hide or evade them after alerting them, they'll still scour the level hunting for you actively rather than just forgetting you were ever there.

04.) A mechanic similar to Crimson Heads from REmake is present in this game. Enemies are not killed in this game just by shooting them. Just like Shibito from the Forbidden Siren series, the enemies will just revive after a while after being shot down. Some almost immediately, some after a period of time. Some will come back faster, stronger, and more aggressive once back from the dead and be a force to reckon with. The only way to destroy a body is to get a headshot, or burn the body. Buuut...

05.) Headshots are hard. A lot of games make headshots instant gratification and an easy task to do even with a casual player. Evil Within's headshots are hard. The enemies have way smaller Hitbox's for their 'weak points' than say, Resident Evil 4 or 5, Dead Space, or the like. They're very precise where you must shoot them. Simply shooting the head won't do it, you can shoot off their jaw or chunks of their skull, and they'll still keep marching, unphased. And Sebastian's aim is not perfect, shakey and he doesn't always hit the mark. Headshots are hard, but rewarding as they send out juicy amounts of gore and feel, sound, and look satisfying. Speaking of that...

06.) The gore is satisfying. When Sebastian gets a particularly gruesome kill, gore will spray from the enemy an coat nearby walls and furniture, and even Sebastian itself. It looks cool, and feels good.

07.) And the game has satisfying death scenes. Two I've witnessed is Sebastian being blown up, his body limbs tearing apart as scattering around, and one where an enemy with a knife grabbed me and slit my throat. Blood poured out as Sebastian clenched at his throat and fell to the ground. They're gruesome and morbid, but awesome.

08.) The game will punish you. Trying to hide when an enemy see's you will prompt then to drag you out and get a free hit on you. Trying to be an idiotic and run up and melee an enemy will get you killed very quickly (on not so they take 15-25 melee strikes to kill, and they can kill you way before that if you attempt it like an idiot).

09.) Ammo is scarce. You will run out of ammo, only get 1-2 billets when you do find ammo usually, and finding it is a lot rarer than most all games of its over-the-shoulder style. You need to choose when to fight, run, sneak, hide, or set up traps.

10.) The game has puzzles, and their difficulty scales to difficulty. The puzzles have differences based on what difficulty you play the game in. Playing the game on Easy/Normal/Hard/Akumu will provide different twists on the puzzles to make them more challenging the harder difficulty you play on.

11.) The game has randomized elements. I've played the demo 7 times, and each time things changed. The items you get from boxes always changed (most boxes give you nothing, but sometimes drop things like ammo, green gel, trap pieces, and the like), enemy placement changed (sometimess when entering a room in a Playthrough there's be no enemies in a certain room, sometimes a ton. Sometimes there'd be an enemy waiting for you around the corner in this hallway, sometimes there wouldn't be. It changed per Playthrough), and some random atmosphere building spooky scenes and noises that only sometimes happen.

12.) The game has a save-room hub area. Through the game, you'll find glowing mirrors you can stare into and transport into, and find yourself in a hub area with multiple unlockable rooms, a strange nurse character, a place to upgrade using green gel, and other little Doo-dads and the like.

13.) The game had an interesting collectible element. Finding and breaking Goddess statues found in the game reveals a key inside. You can use keys found in these statues to open up lost locker drawers in the morgue in your hub area save room for extra goodies

14.) Upgrading is diverse and useful. The game has an upgrade system, letting you upgrade with green gel you collect in your save room area. You can upgrade everything from character abilities like health or stamina, individual weapon stats as efficiency, capacity to carry things, ability to make traps from collected parts, and more. They each can be upgraded by level, have a cap, and get more ad more expensive to upgrade by the level, but can help players in the style they did to play te game.

15.) The nurse is emotionless, observant, and amusing. She watches over the hub area you visit, and often will start with a comment about the state of which you're visiting (if you're carrying a lot of green gel, she may ask if you plan to use it, if you enter in a few times shortly after each other, she'll accuse you of being paranoid, etc). She has a dry sense of humor and speaks with little to no emotion. An amusing re-occurring character, ad the closest thing to a friend you have.

16.) The HUD is completely adjustable. From the options menu, you can turn everything on/off, and many onto fade. You could play with absolutely no sor of UI on the screen at all if that's what you desire.

17.) Screen grain/noise is also adjustable from the options menu and can be turned off. Thought I should mention.

18.) Sound design in this game is absolutely terrific. Really good 3D sound, creepy, atmospheric, and unnerving tunes, the music does it's jump perfectly and is somewhat undertoned or completely silent to let the the environment sounds take over. Adds a whole lot to the experiences, the best sound design I've personally seen in a game since Among the Sleep.

19.) The environments are detailed, moody, gothic, varied, and creepy. There are a variety of objects to hit and destroy, drawers to open up, places to hide user beds, tables, in cabinets, etc. Weird but interesting art direction and unique designs to attribute to different rooms. And the variety of locations you visit in the game are varied, ranging from a mental hospital, a forest, a ruined city, a cave, a church, and more. Lighting is also a very well handled.

20.) Game has a variety of different 'stalker' enemies, ranging from a crazed chainsaw maniac who appears multiple times in the game with a distinctive chainsaw sound as you either try to sneak past or run past him, or take him on. Re-bone Laura, a multi-armed black-haired girl who comes out of blood and corpses. The Keeper, a strange box-headed man with a hammer. Ruvik, a randomly appearing hooded man who cause a screen effect as he appears and disappears to stalk you down. They have different functions, are intimidating and panic inducing, and play fun, varied roles in gameplay and function.

21.) Game doesn't rely on cheap scares overly, and instead works with a lingering tension that puts you on edge and uncertainty. An atmosphere that is strong and effective in making you paranoid and fascinated.

22.) Some fun and challenging achievements for those who like to be challenged, ranging from completing the game without upgrading, overcoming situations with self-pertained odds against you, and more.

23.) Game has a well thought-out Post-game. From what we know, the game has unlockables, including new weapons once completing the game, and a New Game+ mode, though can only do this mode for te difficulty to beat the game on a d lower (not higher).

24.) Game includes areas off the beaten path, exploration, and levels with multiple paths and ways to approach a situation, even though it does go over a linear path. Good thought put into the design, layout, and pacing.

25.) The game comes off and plays as its own thing, inspired by other things from film snd its own developer history, but their talent shows, in a game that has a legitamete survival element and tense atmosphere.

I think it'll surprise people from what I've played, but to be seen how it all comes out. I think this game gets a lot of negativity because of misunderstandings people have on the game due to bad marketing early on and it being hard to get a demo down for the game until more recent, complete ad polished builds.

Maybe just the part of the game I've experienced is fantastic and the rest is shit, but if the rest of the game can be as good as the part I and a few other GAF'er have played at recent events, it could be very much a surprise hit I feel, though one can hope it can find some more success than niche cult title in the future.

Game Informer escreveu:Now some details:
-Game has a lot of different kinds of enemies, environments, and traps. Enemies and traps see radomization. Even a number of scares are randomized.
-The introduction to the game has been significantly altered from what's been shown in trailers and demo videos. Lots of changes in dialogue, execution, pacing, etc. Start the game arriving at, approaching, and exploring a murder scene at Beacon Hospital ks the same, but goes in a very sifferent directio after that. Before entering the hospital, Sebastian is having some terrible headaches.
-The first enemy to you face is similar to the first zombie encounter in RE1. It's a human-like, but also obviously not human, thing in a straight jacket who comes at you.
-The first boss in the game you encounter is The Sadist, a chainsaw wielding enemy. He chases you around a village location in chapter 3. You can fight him directly, stealth and evade him to sneak up and get stealth strikes on him, or use the various traps and set your own traps for him.
-A compliment that the game allows for a lot of different choices in most scenarios, and starts really opening up with the village.
-One of the traps in the game is a catapult that throws knives. Game has an interesting cat and mouse thing where both you and the enemies can use traps on one another.
-The AI for both te enemies and in a section where you work with A cop friend, Joseph, are heavily praised, saying that your partner is precise, intelliget, an holds his own while also mot invincibld, and the enemies, how they react and respond are very detailed and believable, and threatening.
-There are various traps around the village, including bombs in boxes and enemies hiding I spots to ambush you. And it's randomized, if you die you can't predict where it'll be next, so you have to be on your toes for clues.
-There are invisible enemies that look human, but have the head of an Octopus. They're completely invisible, but you can use things like water ripples, footsteps, and the like to locate or evade them.
-In one of the new screenshots it shows another new type of enemy, that looks like a collection of people melted and then sown together like a giant blob.
-Mentions the game feels half survival-horror game, half psychological thriller. Game was much different than he previously believed from last showings, but he actually really liked it.
-Mikami says to strike the right balance of challenging and fun, they replayed each section of the game over and over, for a horror game you can't determine this by numbers or equations, you have to judge the experience. They replayed each part the game so many times to make sure it was fun and challenging, Mikami doesn't even want to count.
-Game opens up with Sebastian, Juli, and Joseph riding to the scene in a police car. They talk on the drive. Sebastian is a noir-style cop from head to toe who usually analyzes situations and takes risks and gambles, all while casting out some dry humor, Juli is much more lax and fights the stress with dumb jokes, and is a fan of horror movies, Joseph is calm and collected and a calculating type who wants to help people.
-Says the game varies a lot in horror tone and inspirations. There's a mix of J-horror and Western Horror here. There's a segment evidently inspired by Ju-On, another section that feels kik it's out of The Shining, etc.
-The game also has a lot of different gameplay tones, it sometimes feels like it's directly out of the old Resident Evil. Other times it feels much more in line with Silent Hill. Other parts feel really like Eterenal Darkness. Others more like F.E.A.R. But he says this avoids feeling weird as the game had excellent pacing and design that leads into everything naturally.
-But the variety of times in gameplay and horror makes everything unsacred, and makes you cautious of everything as anything can be out to get you in whatever way.
-There's a screenshot of what looks like bloody, fleshy babies with tumors coming at Sebastian in a cave.
-There are a variety of well-hidden keys to collect do a hub-like save room area, and some of them are very well hidden. Mentions he saw a key strapped to a rat.
-Mentions and intriguing part of the game involving a white tile room that starts with nothing in it and slowly changes, involving strange puzzles, and growing weirdness as it goes on.
-To beat the first 5 chapters (of 16) took him 4-5 hours.
-To quote, "An exceptionally polished and well thought-out horror experience. It seems like a game that's received heavy iteration in development to plot scares and to switch things up at the perfect times to make sure you're never too comfortable. It brought back a flood of memories from Resident Evil and Resident Evil 4, only with a heightened level of terror that warps reality and made to mess with your mind."

Que fique claro, essa não é a minha opinião sobre o jogo, já que em momento algum tive contato com ele. Leia e tire suas próprias conclusões, visto que o jogo final pode diferir disso.

-----------------------------------------------------------------------------------------

TGS trailer


Vermilion
Veterano Nv.4
Veterano Nv.4

Karma Karma : 68
Posts Posts : 498

Ver perfil do usuário https://twitter.com/Dantares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Oficial] The Evil Within

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 12:09


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum